Perfumes de Paris, de Sayonara Salvioli

30 janeiro 2017

Perfumes de Paris

Autora: Sayonara Salvioli
Editora: Primavera Editorial
Número de Páginas: 157
Gênero: Romance de Época

Sinopse: No romance Perfumes de Paris, o luxo e a sedução da belle époque francesa serão o pano de fundo para um amor proibido e envolvente. Junto com os protagonistas, o leitor caminhará pelo Quai des Tuileries e pela Pont Neuf; visitará a catedral de Notre-Dame e se encantará com os Jardins de Luxemburgo. Também será convidado a percorrer outros lugares marcantes da Cidade-luz, como o bairro boêmio de Montmartre e seu glorioso Moulin Rouge. Mas será fora dos círculos de glamour que a protagonista conhecerá o amor. A romântica e – ao mesmo tempo – moderna Charlotte, uma perfumista à frente de seu tempo, encontrará no pintor Pierre o maior sentimento que já conheceu. Porém, o amor chega com uma proibição causada por um antigo segredo. E, logo adiante, o casal enfrentará uma barreira ainda maior e mais severa... Com passagem também pelos canteiros floridos de Grasse – a Capital Mundial do Perfume – e pelos campos de lavanda da região de Provence, Perfumes de Paris apresenta uma história de amor em todas as suas fases: a surpresa, o encanto, o medo, a ameaça, a sensualidade e o êxtase!


Charlotte Emanuelle Dubois Grasse de Chermont vive na Belle Époque francesa no ano de 1894. É uma mulher independente e a frente de seu tempo, apaixonada pelo seu ofício: descobrir fragrâncias únicas e lançar perfumes majestosos. Seus pais morreram cedo devido a tuberculose, a maior doença da época, e por isso ela é a única herdeira de seu avô, Marquês de Broc e Conde de Grasse.

Apesar da sua classe, Charlotte é uma mulher única. Ela frequenta os lugares da alta sociedade, como também frequenta bordéis para assistir as dançarinas, teatros e bairros artísticos. A sociedade parisiense a enxerga com maus olhos, pois ela está beirando os trinta anos e não se casou, algo muito incomum para a época. Charlotte vive sua vida desregrada e com liberdade, esperando um dia encontrar o amor da sua vida.

Em uma visão no espelho, Charlotte enxerga um belo rapaz e acredita ser aquele por quem tanto esperou. Ao topar com Pierre nas ruas parisienses, ela descobre que era o rapaz por quem tanto sonhava, um pintor que não possuía riquezas materiais, e se vê perdidamente apaixonada. Nasce um amor proibido entre o casal e Charlotte percebe que está na mesma situação que seus avós estiveram quando se apaixonaram:uma camponesa e um nobre, algo jamais aceitável. Agora em meio a tragédias e revelações, Charlotte e Pierre estão dispostos a ficarem juntos, enfrentar tudo em nome do amor e percorrer um caminho tortuoso em busca da felicidade.

"O amor pode ser como o ar: nós não o vemos, ele não nos responde com clareza, mas se renova em nosso resfolegar de vida, que se repõe sempre que alguém nos ama de verdade."


Perfume de Paris é uma obra encantadora que me surpreendeu mais do que eu imaginava ser capaz. Um romance de época encantador que trás a majestosa Paris nos seus anos de glória, com cenários muito bem caracterizados que faz o leitor passear pelas ruas parisienses e viver junto com Charlotte suas aventuras, visitar lugares artísticos, assistir a apresentações e viver um amor a flor da pele na Belle Époque.


Charlotte é uma personagem forte e que muitas mulheres irão se identificar com ela, todos a sua volta a viam como louca e desregrada, ela apenas se via como uma mulher que gosta de viver a vida do jeito que quer, sem ninguém opinando. Ela vive intensamente e muitas vezes não pensa nas consequências de seus atos. Apesar da sua personalidade autêntica, é muito romântica.

A obra nada mais é do que o diário de Charlotte, nele ela expõe seus maiores sentimentos e medos, seus dias são contados com muita alegria e sensibilidade, é impossível não se encantar com uma obra desse valor. Recomendo a todas as românticas de plantão, para todos que gostam de conhecer uma história de amor proibido, e melhor ainda ambientado na luxuosa Paris.


23 comentários

  1. Oi, Ketrin!
    Confesso que a capa ao invés de atrair, faz é afugentar o leitor. A premissa parece bacana, mas apesar de gostar de livros de época não me atraiu muito. Mas fico feliz que você tenha curtido o livro. ^^
    Beijão!
    www.lagarota.com.br
    www.asmeninasqueleemlivros.com.br

    ResponderExcluir
  2. Ketrin, essa capa me deixou com uma agonia enorme... rs
    A premissa é bem instigante e se eu ignorar a capa, vou querer ler sim!!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Eu nunca tinha ouvido ou lido nada a respeito dessa obra, mas gostei de saber o quanto ela é legal de se ler. Devo concordar com a Ivi e dizer que a capa não é um ponto forte, achei Lea bem estranha. Mas eol o que li em sua resenha, a capa é o de menos. Bom sabe é que a personagens principal é bem forte. Adorei acompanhar as suas opiniões sobre a obra. Até mais ver
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. O nome dela é um plavrão rs
    E realmente parece ser um romance encantador, já me conquistou desde a sinopse. Eu leria com certeza!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oie! Tudo bem?
    Faz tempo que quero ler esse livro, mas acho a capa muitoo estranha, mas agora lendo sua resenha noto que parece ser um livro muito bom e com uma personagem muito bem construída e desenvolvida para época, então fiquei com mais vontade ainda de ler o livro! Espero em breve conseguir!
    Bjss

    ResponderExcluir
  6. Ola
    Eu também ja fiz essa leitura e por mais que nao seja muito fã da capa, a historia vale a pena ser lida sim e eu adorei poder conferir seus comentários. Me identifiquei demais com sua opinião!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  7. Oiee Kétrin ^^
    Olha, eu preciso confessar... Se fosse pela capa, eu não leria...haha'
    Adoro romances históricos, então já fiquei curiosa quando comecei a ler a sua resenha, queria saber logo o que você tinha achado do livro. Parece ser tão incrível! Adorei! Quero pra ontem! Sério, saber que você gostou tanto e que o livro te surpreendeu me deixou ainda mais curiosa *-*
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  8. O grupo de comunicação me enviou o release do livro,mas além da capa ser muito feia, a sinopse em si não me agradou muito. Acho que ele pode ser corrido demais pela quantidade de páginas.
    www.belapsicose.com

    ResponderExcluir
  9. Olá,

    Eu não conhecia a obra, mas achei a capa um pouco chocante, tem muitos tons de rosa. Enfim, eu não gosto de romances de época, talvez não leria o livro por isso, mas pode ser questão de preconceito. Vou pesquisar mais sobre a obra!

    http://desencaixados.com/

    ResponderExcluir
  10. Então, eu não me considero uma romântica de plantão e não curto esse lance de amores proibidos, acho que esse livro não é para mim hahaha. Mas, se tem uma parte que chamou minha atenção, foi a ambientação em Paris, mesmo assim, não me sinto muito inclinada a ler :/


    ourbravenewblog.weebly.com
    Participe do nosso Top Comentarista valendo um livro Jantar Secreto, do autor Raphael Montes :)

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    Já de cara já me motivei pela leitura, tanto por essa capa amorzinho quanto por esse título – tudo que envolve Paris me atrai.
    E algo que me chamou ainda mais a atenção é o fato de ser um diário, adoro livros assim.
    Dica anotada!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi Kétrin,

    É tão bom quando uma obra nos surpreende né? Eu ainda não conhecia a história, mas a capa me chamou bastante a atenção. Me parece ser realmente uma história encantadora e envolvente. Adoro diários, btw. Parabéns pela resenha, dica anotada. :)

    bjs!

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bem?
    Essa capa não me atraiu nem um pouco kkkkkk, mas parece ser um livro bem surpreendente. Adoro livros que se passam em Paris e já tive algumas experiências com leituras tipo diário e não gostei muito, mas creio pela sua resenha que irei gostar desse livro. Dica anotada, beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Kétrin,
    Pela ambientação eu até apostaria na leitura, mas pela capa eu passaria longe. Não gostei nadinha. Acho que o formato da narrativa (em diário) também é perigosos, pois assim como pode ser muito bom, pode ser também algo muito individualista.
    Quem bom que a experiência dessa leitura foi boma para você, assim fico menos receosa de ler caso surja a oportunidade.

    Bjs,
    Garotas de Papel

    ResponderExcluir
  15. Olá, gostei da personagem ser assim tão bem trabalhada.A ambientação criada pela autora dá um toque especial a trama apresentada por você. Que bom que você gostou da leitura, mas não sei se me acostumaria com o formato do enredo e da narrativa.
    Mas quem sabe eu ainda não possa ter a chance de conferir.

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Achei muito interessante a obra se passar na Belle Époque, já que acho essa época de longe a mais interessante e charmosa de todas. Confesso que essa capa não me chamou a atenção em nada e se fosse só por ela não compraria o livro, achei que ficou uma coisa muito amadora e não tão legal assim. Mas foi bom saber que a leitura te conquistou, me deixou bem curiosa para conferir em breve também.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oi, tudo bem? Pela sinopse não imaginei que ficaria muito a fim de ler esse livro, mas sua resenha fez com que eu ficasse bastante curiosa a respeito desse romance de época bem diferente dos que eu costumo ler. Já logo gostei da personagem e de saber que o cenário é bem caracterizado. Vou anotar a dica, beijos.

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bom?
    Não gostei muito da capa, achei muito superficial, então o livro não me chamaria a atenção. Porém, amo histórias passadas em Paris, então daria uma chance.

    ResponderExcluir
  19. Oi.
    Romance de época ambientado em Paris? Já me conquistou por aí.
    Fiquei mais interessada ainda ao saber que a personagem feminina é uma mulher forte e independente que não se importa com o que falem dela.
    E os avó dela também não tiveram um casamento convencional para a época? Ah... Adorei.
    Não preciso nem falar que acrescentei a minha lista.

    ResponderExcluir
  20. Oie, não conhecia esse livro, adoro um romance de época, e geralmente as capas deles sempre me atraem, mas diferente disso a capa desse livro não me chamou muito atenção :s

    Mas pela sua resenha diria que preciso conferir o livro antes de julgar rs

    beijos
    www.paraisoliterario.com

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    Pela sinope e resenha esse livro parece ser extasiante. Isso chamou a minha atenção, apesar de não ler muitos romances.
    Fiqueu tentada a lê-lo e por isso vou adicionar na minha estante do skoob.
    Sua resenha ficou bem clara e trouxe a atmosfera da obra, parabéns!
    Abs e obrigada pela dica ^^

    ResponderExcluir
  22. Não conhecia o livro! A capa, apesar de bonita, não me atraiu muito...

    Não gosto muito de romances pelo romance em si. Embora goste de personagens fortes, especialmente mulheres independentes, pois é disso que sinto falta. Mas não gosto quando essas mulheres dependem de ter um romance para se sentirem completas... Ela estava feliz antes dele aparecer, porque mudar tanto depois?

    Ótima resenha!

    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
  23. Olá!
    Só dele ser um romance de época curto e fofo já me animou, mas o contexto histórico parisiense me conquistou <3 a melhor coisa dos bons romances de época são as protagonistas fortes e à frente do tempo delas, vou guardar a indicação com carinho!
    Beijos,

    Luana

    ResponderExcluir