Semana Especial - A Fortaleza, Ala do Rei - Entrevista com a Autora

19 dezembro 2016


Olá, pessoas!

Hoje é dia de conferir uma entrevista super bacana com a autora Shay Nuran.




ENTREVISTA

1 – Quem é Shay Nuran? E o que ela mais ama fazer? O que a faz feliz?
Shay Nuran é uma autora que adora escrever romances e usar vários elementos como plano de fundo de suas histórias. Eles podem ser culturais, sócias, políticos, isso depende muito da disposição que estou para falar sobre determinado assunto e o quão influente ele pode ser em nossas vidas.
Escrever, isso me completa e me trás felicidade.
Começar e finalizar uma história, adoro o sentimento de algo empolgante pela frente e também adoro sentir o gostinho de dever cumprido.

2 – Durante o processo de criação/produção, qual o momento mais difícil para você?

O meio da história que é onde começamos a fechar os pontos abertos no inicio e abrir outros para o final. Costumo dizer que o movimento da história e o meio. Ele é o núcleo.

3 – Você possui algum ritual (Para antes, durante ou depois), da escrita? Se sim, qual?

Agradecer! Antes, durante e depois ajuda a canalizar boas vibrações e ter mais inspiração.

4 – Escrever para você significa?

Uma das formas que Deus tem para nos mostrar o quanto o trabalho dele é difícil. Se é complicado decidir sobre a vida de poucos e fictícios, imagina para ele como deve ser ter nas mãos a vida e o destino de todos nós, bilhões e reais.

5 – Entre seus livros, qual foi o mais divertido, gostoso de escrever e qual foi o mais difícil, mais complicado?

Amor em Istambul foi o mais gostoso e super fácil, estava falando de algo que eu conhecia pessoalmente, que estive envolvida durante muitos anos, então fluía com mais facilidade.

A Fortaleza, com certeza é o mais difícil, ele é um grande desafio. Falar sobre política, pessoas gananciosas, brincar com sentimentos dos leitores, tirar personagem principal de foco, levar o publico do ódio ao amor é muito complicado. Ele é um giro de emoções e precisa de muita atenção. Cobra muito de mim, mas não posso dizer que é menos gostoso escrevê-lo, adoro desafios.

6 – Se pudesse dar vida a um dos seus personagens, a qual daria? E por quê?

Mustafá Erdogan de Amor em Istambul. Por que ele tem uma sabedoria maravilhosa, grandes conselhos e visão do que está sempre ais além dos nossos olhos. Adoraria ter a sagacidade e experiência dele comigo.

7 – Você possui algum lema, alguma frase que te inspire?
“Na dúvida, opte por aquilo que faz seu coração vibrar, apesar de todas as consequências.” – Osho.
8 – Shay, ama ler...
Zibia Gasparetto

9 – Se não fosse autora, você seria?
Historiadora.

10 - Pense e responda:

Amor: Deus.
Paixão: Livros.
Desejo: A paz.
Vida: Aprendizado.
Morte: Formatura.
Sonho: Ter meus livros em várias línguas.
Liberdade: Ser quem eu desejar.
Tristeza: Um momento para refletir.
Saudade: Istambul.
Felicidade: Minha família.

Seu lugar favorito no mundo: O colo dos meus pais.

Gostou da entrevista, quer conhecer o trabalho da autora? Adquira uma de suas obras - AMAZON.

Até a próxima! Bye.

16 comentários

  1. Olá
    Eu estou adorando acompanhar esses posts relacionado a obra em questão. Entrevistas são sempre legais e sempre fico empolgado com as respostas e perguntas. Essaparte de perguntas rápidas sempre é bom ler. Acho que o sonho de todo os autores são ter seus livros divulgados para fora do país e espero que ela cínica realizar esse sonho. Até mais ver
    Bj

    ResponderExcluir
  2. Ola Kétrin
    Adorei poder conferir a entrevista. Eu ja li algumas resenhas a respeito desse livro e estou bem curiosa e empolgada também para conferir. Com certeza gostaria de poder conhecer seu trabalho. Sobre a frase que a inspira: ♡♡♡
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Nossa que entrevista excelente! E a resposta da autora na pergunta 4, foi realmente profunda, nunca tinha parado para pensar por esse lado. Parabéns!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Adorei a entrevista. Não conhecia essa autora e curti como conduziu a mesma.

    Até a próxima!

    Camila de Moraes - Blog Book Obsession

    ResponderExcluir
  5. Oiee Kétrin ^^
    Eu ainda não tinha visto a capa desse livro *-* omg kkkk'
    Gostei de saber mais a respeito da autora, eu ainda não a conhecia até ver a semana especial d'A Fortaleza por aqui. Tenho muita curiosidade de conhecer Istambul, então fiquei curiosa para ler "Amor em Istambul".
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Adorei conhecer um pouco mais da autora. Achei muito bonito ela ter esse ritual de agradecer antes e depois, tenho certeza que ela é uma pessoa muito abençoada, nos passa uma paz tremenda!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Também gosto muito dos livros da Zíbia. Gostei de conhecer um pouco mais das autora, e ainda mais do seu lema.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Adorei poder conferir mais sobre a autora. Ela parece ser bastante simpática e ter bastante confiança em Deus, o que é essencial. Deve ser bem legal mesmo ter esses desafios durante a escrita, fazer o leitor se emocionar deve ser bastante difícil.
    Beijos e sucesso!

    ResponderExcluir
  9. Eu não li nada da autora até hoje e nem sei se lerei, mas eu simplesmente estou apaixonada por ela depois dessa entrevista.

    Amei o fato que ela é grata, amei o fato dela ver a escrita como um dom e não como algo banal, amei ela como um todo porque parece que ela não banaliza a profissão.

    Beijos e sucesso em 2017!

    ResponderExcluir
  10. Olá, o especial de divulgação da obra está bombando...tenho acompanhado em vários blogs...vai ser sucesso!

    Gostei bastante da entrevista...parabéns!

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Oi, tudo bem?
    Que legal ficou a entrevista com a autora e ela me pareceu uma pessoa super madura e cheia de reflexões. Adorei saber que o melhor lugar do mundo para ela é o colo dos pais.
    Ainda não conseguia seus livros na já fiquei curiosa.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Oi Kétrin,
    Que entrevista mais legal.
    Gostei do ritual da autora ser agradecer, pois vejo que muitos de nós são ingratos nesse sentido. Também queria muito A paz, mas parece que ela nunca vai chegar :(
    Sucesso.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  13. Achei muito bacana a entrevista. Não conhecia a autora, mas só pela entrevista fiquei encantada com suas respostas e com uma vontade enorme de ler suas obras. Achei muito bacana ela antes de escrever agradecer!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  14. Tenho acompanhado a semana de Fortaleza, e agora conhecer a autora me deixou animado para ler o livro,já que vejo quanto amor ela coloca no que faz. Vejo como a autora se dedica a suas obras e fico curioso como o livro nos instiga.

    ResponderExcluir
  15. Oi querida, como está?
    Uma entrevista muito interessante e que teve um sabor especial pelo fato de que eu ainda não conhecia a autora. Espero ler algo dela logo, pois ela parece muito boa no que faz. Além de já ter morado em Istambul, uma cidade que acho o máximo!
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. oie, gostei muito da entrevista. O que mais me chamou atenção foi o fato de a autora querer ser historiadora, se não fosse escritora. Isso me faz imaginar que os livros dela sejam realmente carregados de fatos históricos e já fiquei com muita vontade de ler. Bacana conhecê-la, eu ainda não conhecia.

    ResponderExcluir