Boa Noite, de Pam Gonçalves

05 novembro 2016

Boa Noite

Autora: Pam Gonçalves
Editora: Galera Record (Grupo Editorial Record)
Número de Páginas: 237
Gênero: Jovem Adulto

Sinopse: Alina quer deixar seu passado para trás. Boa aluna, boa filha, boa menina. Não que tudo isso seja ruim, mas também não faz dela a mais popular da escola. Agora, na universidade, ela quer finalmente ser legal, pertencer, começar de novo. O curso de Engenharia da Computação - em uma turma repleta de garotos que não acreditam que mulheres podem entender de números -, a vida em uma república e novos amigos parecem oferecer tudo que Alina quer. Ela só não contava que os desafios estariam muito além da sua vida social. Quando Alina decide deixar de vez o rótulo de nerd esquisitona para trás, tudo se complica. Além de festas, bebida e azaração, uma página de fofocas é criada na internet, e mensagens sobre abusos e drogas começam a pipocar. Alina não tinha como prever que seria tragada para o meio de tudo aquilo nem que teria a chance de fazer alguma diferença. De uma hora para outra, parece que o que ela mais quer é voltar para casa.


Alina é uma jovem de dezoito anos que vive em Laguna e está se mudando para Pedra Azul, uma cidade universitária próxima de Florianópolis para cursar Engenharia da Computação. Logo no dia da matrícula, ela avista um cartaz da República das Loucuras dizendo que estão agregando novos moradores, ela decide ligar e após uma entrevista diferente por telefone, ela está dentro da República das Loucuras.

Lá ela conhece os outros moradores, Manu está alguns semestres na frente de Comunicação, Talita e o namorado Bernardo estudam Administração e Gustavo, o dono da casa estuda Medicina. Ao lado deles Alina conhece a vida universitária, seu lado bom e seu lado ruim. Ela fará novas amizades e também conhecerá pessoas que farão com que ela saia da sua zona de conforto. Ela precisa lidar com o preconceito dos seus professores e colegas de aula que dizem que Engenharia da Computação não é lugar para mulher estudar, além de perceber que está rolando abusos sexuais nas festas com as pessoas da sua universidade. Em cima disso, ela e suas únicas três colegas de aula decidem criar um projeto de um aplicativo para ajudar todas as mulheres a fugir dos abusos.


Boa Noite é um livro extremamente bem construído e fácil de se ler. Eu me surpreendi positivamente com a obra, a Pam soube explorar os pontos principais com maestria e chegou deixando os leitores de queixo caído em sua obra de estreia. Gostei muito do modo como a autora levou o rumo da história e criou algo tão envolvente, fica muito difícil soltar o livro até chegar na última página e descobrir qual será o seu final, e claro, torcendo sempre para Alina ficar com o mocinho.

Os personagens tem personalidades fortes e distintas. Durante todo o ensino médio Alina foi conhecida como a nerd, nunca era convidada para festas e não tinha amigos. Quando ela chegou na universidade ela decide que seria tudo diferente, e foi mesmo. Ela começa a frequentar festas e toma seu primeiro porre, ela conhece pessoas ótimas e também pessoas que não faziam diferença. Os colegas da república foram uns dos que chegaram para mudar sua vida. Manu é toda extrovertida e maluquinha, ela tem um jeito que contagia qualquer um que estiver por perto e com o tempo virou uma grande amiga de Alina. Talita e Bernardo são mais reservados, mas ótimos amigos. Gustavo chegou para virar o mundo de Alina de pernas pro ar, ele é lindo e carismático, totalmente diferente do restante dos garotos que ela conheceu na universidade. Ele é prestativo e desde o começo se mostrou muito atencioso e preocupado com o bem dela, o que fez com que ela se sentisse confusa.

O livro fala de pontos importantes sobre o abuso sexual, o preconceito, o machismo e até sobre a bissexualidade. Tudo isso dentro de uma história divertida e reflexiva, o objetivo da trama foi passada com sucesso para os leitores. Eu gostei muito do fato da história se passar em um universidade brasileira, talvez por ser uma realidade muito próxima da minha em que eu me identifiquei muito com a história e a personagem. Esse é um livro que merece ser lido por todos e sem sombra de dúvida se tornou um dos meus favoritos!

25 comentários

  1. Ola
    Eu também ja fiz essa leitura e gostei do enredo. Nao tinha expectativas, entao achei bem leve e rápido. De fato, é bem construído sim e sua resenha reflete bem minhas próprias impressões. O que eu mais gostei foram as temáticas abordadas e suas desenvolturas
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. oie, que bacana, o livro se passa no meu estado. Adorei saber que é bem construído e que a autora foi tão bem assim já no seu livro de estreia. Acho uma proposta bem interessante essa abordagem do abuso sexual, pois é algo que acontece muito. e é muito interessante a autora mostrar a vida numa universidade brasileira, já que geralmente vemos as americanas. Espero poder ler.

    ResponderExcluir
  3. Ketrin, comprei o livro na Bienal de 2016 e ainda nãos ei quando conseguirei encaixar a leitura, mas tenho a impressão que vou gostar. Não sabia que o livro abordava tantos temas assim e isso me deixou instigada a ler em breve.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Você é a segunda pessoa que me desperta interesse nesse livro. Uma amiga minha estava animadíssima com o livro nas mãos. Achei bem bacana o fato do livro explorar assuntos tão polêmicos e essenciais como você disse. Já vou acrescentá-lo na minha lista de leitura, muito obrigada pela indicação <3


    http://nostalgiacinza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá...
    Adorei sua resenha!
    Desde que a Galera lançou esse livro fiquei bastante curiosa a respeito, pois, a Pam é conhecida por resenhar livros, né? Então, quando ela lançou O AMOR EM TEMPOS DE LIKES e mais adiante lançou BOA NOITE fiquei bastante entusiasmada para ler. Pelo que li em suas impressões o livro parece ter bastante conteúdo, então, é uma obra que pretendo ler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi, Kétrin!
    Eu conheci a escrita da Pam Gonçalves no livro "O amor nos tempos de #like", e realmente não sabia que ela tinha outro livro. Gostei bastante da história de "Boa Noite", porque é uma realidade de nós universitários. Acho que identificaria com a história, assim como você. Vou colocar na lista!
    Beijos,
    Nay

    http://travelingbetweenpages.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi ... Tenho receio quanto a livros escrito por youtubers, mas parece que a Pam faz parte da seleta parte que escreve bem e isso é excelente. Amei saber que o livro traz temas de debate importante é até pouco explorado quanto o machismo, pois o que mais vemos sao livros que o mocinho e machista ao extremo mas a mulher acha isso lindo. Dica anotada! Beijos

    ResponderExcluir
  8. Eu não gosto de livros de youtuber, mas nesse caso é bem diferente, tem uma história na obra e não é mais da mesma porcaria, isso é minha opinião. MAs enfim, gostei de ver seus comentários super positivos sobre o livro e espero que eu goste tanto quanto você, a Pam é uma graça e o livro parece ser muito bem escrito mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Gostei de suas impressões sobre o enredo, mas não é o tipo de livro que eu leria. A temática é um assunto muito complicado para mim, por coisas que vivi, então prefiro evitar certo tipo de leitura, ainda assim, acho interessante que seja abordado.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi Kétrin, tudo bem?
    Eu adoro livros que falem sobre temas bastante importantes, pois dessa maneira o povo vai quebrando seus preconceitos aos poucos e se conscientizando sobre os malefícios. Fiquei surpresa em saber que é a primeira obra de Pam e que ainda assim, ela conseguiu superar as expectativas. Estou curiosa para conferir a escrita dela e anotei a dica.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  11. Oi Ketrin, tudo bem?
    Nossa eu fui pega de surpresa agora com a resenha desse livro pois eu imaginava uma história totalmente diferente e confesso que estava com o nariz torcido para ele mas minha visão mudou agora. Primeiro achei muito bacana e interessante os assuntos que a Pam abordou nesse livro é que são super atuais quanto é a luta feminina diante do machismo, o abuso sexual entre outros temas do livro.
    Fiquei curiosa e pretendo dar uma chance para o livro.
    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Estou louca querendo ler esse livro.Estou vendo resenhas tanto positivas quanto negativas tinha pessoas que esperavam mais.Gostei muito que a Pam abordou temas considerados como tabu e foi de uma forma direta. A premissa me cativou desde quando a vi pela primeira vez eu só não gostei muito da capa. A leitura parece ser bem fluida.Adorei ve sua resenha me deixou curiosa para fazer a leitura.Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Oi Kétrin,

    Recentemente li esse livro, mas ao contrário de ti, não o achei bem construído. Ele tem uma premissa bacana e os personagens são legais, mas eu achei que faltou alguma coisa. Talvez pela imaturidade da autora ainda, mas no geral foi uma obra legal de ler. Parabéns pela resenha.

    =)

    ResponderExcluir
  14. Olá,
    Esse livro está na minha lista de desejos já há algum tempo e o que mais me chamou atenção é o tema que o livro aborda. Bem legal a autora ter colocado esse início da vida adulta e ter tratado de temas como o abuso e o fato de que as personagens criam um aplicativos também é bastante interessante. Amei a resenha e já quero ler o livro!

    http://www.virandoamor.com/

    ResponderExcluir
  15. Oiee ^^
    Aaah, eu fui toda seca comprar esse livro na bienal, mas já tinha se esgotado. Pior que estava baratinho...hehe' li o conto da Pam no livro "Amor nos tempos de #likes" e gostei, então estou curiosa para conhecer essa história só dela. Fico feliz em saber que a Pam conseguiu criar personagens únicos e uma história envolvente, espero achar o mesmo.
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  16. Olá Kétrin,
    Esse livro parece ter sido muito bem escrito e achei isso um ponto bem positivo. Além de ter sido bem escrito, a obra parece trazer muitos temas complexos que, aparentemente, foram bem trabalhados.
    A Alina parece ter mudado bastante de personalidade e não sei se isso me agrada muito, mas, ainda assim, quero muito ler o livro e ver como a Pam escreve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Oi menina, tudo bem? Eu segui a Pam por muito tempo, depois desisti, os nossos gostos literários são bem diferentes, aí nada me animava. Apesar de você levantar vários pontos interessante e dizer que mesmo levantando esses temas polêmicos, digamos assim, a leitura seja leve, não me atraiu. Tem tanto livro fantástico no mundo que esse eu meio que deixo pra algum dia na vida, quem sabe. Mas fico feliz por ter sido uma boa leitura pra ti.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  18. Muita gente tem dito quão positivo foi o fato da pam narrar isso em uma faculdade brasileira, e isso é ótimo, representatividade é importante, mas ambientar tudo dentro do que vivemos é melhor ainda! to muito curiosa pra ler esse livro porque só vejo comentários positivos sobre e gostaria de saber como ela colocou esses assuntos tão importantes na história.

    ResponderExcluir
  19. Não sabia desse projeto de aplicativo que elas planejam fazer para ajudar as mulheres a fugir dos abusos, achei bem legal, e acho que foi ótima ideia a Pam tratar do assunto, mas não tenho vontade de ler o livro. Que bom que gostou, acho que o fato de se aproximar da sua realidade deve ter ajudado bastante nisso, mas tenho visto mais opiniões negativas que positivas e pelo que já li a respeito da obra acredito que não me envolveria.

    ResponderExcluir
  20. Olá,

    Estou ansiosa para ler esse livro, dada a temática da história que é bem interessante. Como estudo em universidade federal, que fica em uma cidade do interior repleta de repúblicas, me identifico um pouco com a personagem, principalmente em relação a esses casos de abuso nas repúblicas, algo que infelizmente vem acontecendo também em nossa vida real. O preconceito com mulheres em alguns cursos, também é existente e realmente a autora parece abordar com maestria, temas atuais e que merecem uma reflexão. Gostei muito da sua resenha, me deixou ainda mais interessada na história.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  21. Oi, Kétrin

    Acho a capa desse livro muito bonita, mas não estou muito entusiasmada em fazer essa leitura. Um amigo que tem o gosto muito parecido com o meu falou que não é muito bom, que ela quer explorar diversos assuntos e não se aprofunda em nenhum deles. E que ela também criou personagens muito estereotipados...então não é uma leitura que eu vou fazer em breve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Confesso que tenho certa curiosidade em ler esse livro. O enredo é interessante. Aborda temas polêmicos e muito atuais. Pela resenha deu para ver que o livro tem conteúdo.
    Assim que puder irei comprar.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  23. Oi
    Primeira resenha que leio sobre esse livro e já fiquei com mais vontade de ler. Confesso que estou curiosa para conhecer a escrita da Pam e sentir suas influencias e bom saber que ela abordou tantos aspectos importantes. Adorei sua resenha, bem completa e sincera.
    Espero ter oportunidade de ler.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  24. Oie
    Tudo bem?
    Então eu quero muito ler esse livro eu adoro a Pam é uma Booktuber que acompanho a muito tempo e que me incentivou muito a ler em alguns momentos que a leitura não era a prioridade na minha vida.
    Eu fiz a compra do li vro essa semana estou ansiosa quero que chegue logo um livro que tenho visto muitas resenhas positivas, trata de assustos pertinentes e ainda é nacional por quê não?
    Adorei a dica
    Bju
    Mary Reis

    ResponderExcluir
  25. Menina estou chocada. Tinha ouvido falar sobre esse livro, mas vou te confessar que não tinha me chamado a atenção não. Aliás, eu mal tinha lido a premissa.
    Mas a sua resenha fez com que eu mudasse de ideia. Só pelas suas impressões já estou surpresa, e muito, com esse livro.
    Quero tê-lo na minha estante.
    Bjs, Mila

    http://a-viagem-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir