A Fila, de Ana Esterque

28 novembro 2016

A Fila

Autora: Ana Esterque
Editora: Chiado Editora
Número de Páginas: 85
Gênero: Contos



Sinopse:  O livro A Fila é composto por 10 narrativas, permeadas por temas polêmicos – como incesto e violência contra a mulher. Além disso, as histórias levam o leitor a uma reflexão sobre o vazio e a delicadeza da alma.





A Fila é um livro relativamente pequeno, composto por dez contos que trazem assuntos polêmicos. Ana Esterque retrata em suas histórias de ficção situações que acontecem todos os dias na sociedade, são momentos tensos e de puro terror para as pessoas, mas que são vistos como algo "normal". Aqui iremos encontrar o lado mais desumano do ser humano, individualista ao extremo e veremos até situações de violência contra a mulher.

O fato do livro ter menos de cem páginas e possuir contos curtos faz a leitura ser acessível para todo o público; como por exemplo, para quem não tem muito tempo é uma ótima opção ler um conto por dia, ou até mesmo para quem gosta de pegar um livro e ler até o fim. Mas não se engane com as poucas páginas, pois o conteúdo da obra é forte e pesado.

Resenhar um livro de contos é sempre um grande desafio para mim, e não é pela opção de eu não gostar do gênero, muito pelo contrário. Eu gosto tanto de contos que fica difícil eu expressar minha opinião diante de histórias curtas que mexeram tanto comigo, e foi exatamente o que aconteceu com "A Fila". Me surpreendi com o poder da escrita da autora, ela consegue englobar assuntos sérios dentro de uma narrativa sutil, deixando o leitor vidrado no livro até que chegue na última história.
 

 O conto "Boa noite, Isabella" foi o que mais mexeu comigo. Ele retrata o verdadeiro sentido da violência contra a mulher, ele mostra como o ato é desumano e até onde o ser humano é capaz de chegar para satisfazer seus próprios prazeres. Infelizmente o assunto é tratado como tabu pela sociedade e uns até arriscam dizer que a mulher pede quando sai na rua de roupa curta. O fato é que no conto a autora mostrou exatamente que a mulher não precisa usar roupa curta, muito menos "pedir"; basta ela aparecer em um lugar na hora errada.

Eu poderia falar um pouco sobre cada conto, mas acredito que iria soltar mais spoiler do que o necessário e acabaria com a magia da leitura. Aqui fica minha maior recomendação para todos os amantes de boas histórias com temas pesados, se aventure nessa trama socialista e se surpreenda assim como eu. Um livro pequeno, mas com grande conteúdo.

23 comentários

  1. Ketrin, eu amo contos e fiquei bem curiosa com os temas polêmicos que você cita ter na obra. Queria um resuminho de cada um, mas entendo o seu medo de soltar spoiler.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ola
    Confesso que nao leio muitos contos, mas fiquei bem curiosa por eles serem polêmicos (por mais que seja ficção) e por conta dos seus desenvolvimentos. Pelo visto, deve ser uma leitura bem agil e interessante sim. Obrigada pela dica.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Olá amore,
    Adorei o título e a temática do livro, que parece ser bem instigante...
    Adoro contos, e com essa temática é mais apaixonante ainda... adorei a dica!
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa, essa é uma ideia genial e um pouco arriscada. Corajoso o moço abordar em um só livro de contos com temas bem polêmicos pode ser um tiro n pé. Enfim... quero ler para conferir. beijos

    ResponderExcluir
  5. Ola Ketrin!
    Parabens pela resenha!!
    O livro parece ser realmente muito bom, mas tenho que confessar que ele tem duas coisas que não me atraem muito: ser um livro de contos e temas pesados... eu to meio que evitando sabe?
    Mas acho muito interessante isso de se abordar a violencia contra mulher...

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  6. Oi Kétrin, não conhecia o livro, na verdade ainda não li nada da editora ou da própria autora. É triste quando algo ruim passa a ser normal diante de nossos olhos, mas é uma realidade que vivemos. Anotando a dica.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Oi!

    Não conhecia o livro, mas fiquei interessada nesse conto sobre a violência doméstica, que é um tema que eu gosto de ler sempre. Adorei sua resenha, não conhecia o livor, mas me interesse bastante.

    bjs

    ResponderExcluir
  8. Olá,

    Primeiramente não conhecia a obra e achei a temática bem interessante, com uma capa bem bonita. No entanto, não sou muito adepta a contos e por isso fico com um pé atrás em iniciar essa leitura. Ainda assim, adorei suas impressões sobre a obra e fico feliz que os contos tenham lhe marcado.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  9. Oi, Kétrin!

    Recentemente descobri minha paixão por contos, então qualquer dica estou aceitando! Esse me interessou bastante porque temas polêmicos, tabus são meus temas favoritos desde que tive minha primeira aula de sociologia, haha! A capa também me chamou atenção, com certeza vou adicionar à minha lista! Obrigada pela dica e parabéns pela resenha, amei!

    Sucesso com o blog sempre!
    Beijos, Belle.
    floraliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, também adoro contos, mas concordo com você que é dificil para resenhar, já que temos várias visões diferente em cada conto. Gostei muito desse livro e capa está muito bem produzida, pela Chiado. Os contos são instigante, e eu leria rapidinho.

    ResponderExcluir
  11. Oi Kétrin, tudo bem?
    É a primeira vez que ouço falar do livro e gostei da premissa dele. Não costumo ler contos, mas tendo em vista a quantidade de páginas, não teria nenhum problema em realizar a leitura, apesar do conteúdo bem pesado, já que fala das situações horríveis que acontecem em nosso cotidiano e muitas pessoas acham normal, como a violência contra a mulher. Adorei e anotei a dica.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  12. Olá, adoro livros com temas marcantes assim, principalmente temas pesados, amo uma polêmica hhahaha gostaria muito de ler, e com certeza leria em um dia só em poucas horas, amei!

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?
    Confesso que nao conhecia essr livro ainda, mas gosto bastante dessa editora e também gosto de contos, embora nao leia com muita frequência esse gênero. Achei interessante os contos serem sobre assuntos polêmicos e por isso imagino que seja uma leitura pesada mesmo, mas também acredito que seja uma ótima leitura.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    Adoro livros de contos, ainda mais quando abordam temas tabus na sociedade de uma forma firme, concisa. Quero muito ler esse livro após ler sua resenha e, de fato, mesmo tendo cem páginas, temáticas como violência contra a mulher carregam a leitura, então, é melhor ler mais devagar.
    Enfim! Resenha super bem escrita, direta e que me convenceu a colocar esse livro na minha lista de desejados!


    Beijos!
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Ainda não conhecia essa obra mas achei de uma temática extremamente forte e simplesmente adorei! Adoro contos e esses por serem bem pequenos deixa uma leitura bem gostosa. Fiquei curiosa para ler esse que você citou na resenha e acho que vou prestar uma atenção especial nele quando realizar a leitura.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Oi Kétrin, tudo bem?
    Primeiramente, que felicidade encontrar mais uma blogueira literária do RS!
    Segundo, excelente resenha sobre um livro que com certeza é impactante! Esse conto que tu citou parece ser mesmo perturbador e triste.
    Abraços e beijos da Lady Trotsky...
    http://rillismo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Normalmente não leio contos porque acho muito difícil me envolver com textos curtos. Mas esse livro ainda tem um agravante, ter essas histórias fortes e pesadas, não sou fã desse tipo de enredo, o mundo já é tão difícil de encarar que prefiro leituras que me distanciem da realidade. O lado mais desumano do ser humano definitivamente não é algo sobre o que gosto de ler.

    ResponderExcluir
  18. Olá Kétrin,
    Gosto de contos e gosto de temas polêmicos, então, esse livro é meio que a união do útil ao agradável.
    Adorei saber que a leitura é acessível para todos os tipos de leitor e que a autora escreve com poder.
    Vou super anotar essa dica, pois acho que as chances de eu gostar são altas.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  19. Eu não costumo ler contos. Não gosto muito. Mas os temas abordados nestes contos são importantíssimos, e acho que falar sobre esses temas, colocar em evidencia, é muito bom, chama a atenção para o problema que é ignorado tantas vezes.
    Gostei muito da sua resenha. Talvez eu o leia, parece realmente interessante.

    Beijos!
    Jaqueline Silva - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  20. Oi lindona, tudo bem? Eu não costumo ler contos pelo mesmo motivo da Ju, acho superficiais, acho que não dá tempo de aprofundar aleitura e consequentemente, não permite que o leitor se envolve. Sei que é um preconceito, mas mesmo assim eu pego uns livros de contos as vezes, sempre com um pé atrás. Nesse caso eu achei beeeem curtinho mesmo hein? menos de cem páginas para dez contos? O fato de trazer temas polêmicos já me chama mais a atenção e, como acho difícil resenhar contos, faria a mesma coisa que vc, escolheria o que mais gostasse para explanar. Bjossss

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Oi Ketrin, tudo bem?
    Eu também adoro livros de conto principalmente para intercalar com leituras mais extensas e achei a premissa desse bem interessante e curiosa para saber os temas pesados que ele aborda além da violência contra mulher que por si só já é um tema bem forte mesmo.
    Dica anotada.
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Logo de cara já fiquei impressionada com a capa. Mesmo sendo simples ela me chamou bastante a atenção e a temática do livro me pareceu bem atraente também.
    Gosto de livros com contos, pois tenho a sensação de que o livro assim fluem mais rápido.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  23. Oi Ketrin! Também sinto muita dificuldades em resenhar contos, mas a sua ficou ótima, pois deu para ter uma idéia geral do livro. Gosto muito de obras que tratem de assuntos polêmicos, porque é mais uma forma de fazer a sociedade despertar. Vou colocar na minha lista de leitura , pois valeu muito a indicação. Beijos

    ResponderExcluir