A Menina que não queria ser Top Model, de Lia Zatz

21 junho 2016

A Menina que não queria ser Top Model

Autora: Lia Zatz
Editora: Biruta
Número de Páginas: 151
Gênero: Juvenil

Sinopse:  A mãe já tem o futuro traçado para a filha. Mas será que a filha compartilha os mesmos sonhos? Em 'A menina que não queria ser top model', Lia Zatz nos coloca diante da relação delicada entre mãe e filha. Nessa narrativa, sensível e dinâmica, todos têm voz e querem contar sua história. Não existe o certo e o errado. Apenas duas pessoas aprendendo a se conhecer e, ao mesmo tempo, a se relacionar uma com a outra com o mundo.




Vitória nasceu em uma sexta-feira 13, e Virgínia como uma mãe supersticiosa que sempre foi, achou que a data de nascimento traria muita má sorte para sua filha, por isso escolheu um nome que simboliza vencedora, além de levar a menina visitar semanalmente uma benzedeira. Desde que Virgínia descobriu que estava grávida de uma menina, começou a traçar planos meticulosamente para a vida da criança, ela seria uma Top Model muito famosa. Com isso, ela começou a pesquisar e se aprofundar no assunto de beleza e alimentação, criando uma dieta rigorosa para a criança que podia comer apenas alimentos saudáveis, e também a proibindo de brincar com as outras crianças.

Vitória cresceu ouvindo de sua mãe que ela era uma menina especial, diferente das demais crianças. Ela não podia comer doces e carboidratos igual as outras crianças, e nem brincar na rua e se sujar. Virgínia tinha todo um futuro traçado para sua filha, um futuro de glamuor e fama, mas ela não perguntou nenhuma vez se era isso que Vitória queria para sua vida. Sem saber das consequências de seus atos, Virgínia não imaginava que estava destruindo a vida da filha e provocando uma doença grave que a deixaria internada no hospital, além da menina guardar rancor da própria mãe.

A menina que não queria ser top model é um livro com uma leitura muito rápida e que trata de assuntos super delicados. Ele nos mostra problemas familiares e a autoridade de uma mãe sobre a filha, que até um ponto estava protetora mas quando se deixou levar pelos atos, ficou egoísta e nem se deu conta do mal que estava fazendo para a filha, provocando a bulimia. Quando Vitória resolveu se rebelar contra a mãe, ela começou a comer tudo o que encontrava pela frente, sem se importar se seu corpo suportaria tudo aquilo. E como ela não era acostumada, ela colocava par fora tudo o que ingeria, sem saber da doença que estava se manifestando em seu corpo.


Os personagens são muito bem construídos e com personalidades fortes. Virgínia é a típíca mãe protetora que sonha alto e deseja o melhor para a filha, ela largou o emprego e passou a se dedicar apenas para cuidar da filha e do seu futuro, sem saber se era o mesmo sonho que ela tinha. Talvez ela tenha essas atitudes devido a tudo que passou na infância, ela não tinha condições de realizar seus sonhos ou de ter um futuro garantido com estudos, devido ao seu pai que sempre foi rigoroso e bruto com ela, suas irmãs e sua mãe. Então, Virgínia cresceu no meio de uma família que sofria, e por isso desejava apenas o melhor a sua filha. Já Vitória cresceu pensando que era uma menina diferente das demais da sua idade e por isso sempre aceitou tudo o que sua mãe implantava sem questionar, mas quando ela começou a entender o que estava acontecendo e o rumo que seu futuro estava tomando, ela resolver tomar as rédeas da situação e contornar sua mãe, para criar o futuro que ela mesma queria. São situações complicadas que colocam mãe de frente para filha e vice-versa, elas se desentendem e discutem. Muitas vezes esquecendo o espírito da família.

A edição do livro está maravilhosa, a capa chama muito atenção com o fundo amarelo e o desenho rosa na frente. Sem contar na diagramação que está espetácular. O livro é narrado em três pontos de vista: da Vitória, da Virgínia e do narrador. E cada um deles é diferenciado pela cor e pela fonte, fazendo com que o leitor tenha mais facilidade para entender quem está narrando a história.

Ao todo, só posso dizer que o livro me surpreendeu de uma forma positiva e me mostrou que uma história pode ser contada levemente e ter uma trama emocionante e pesada. Recomendo o livro a todos aqueles que estão a procura de um livro extraordinário capaz de mecher com o coração e deixar uma marca registrada.

23 comentários

  1. Oi Kétrin, esse livro possui mesmo uma temática bem delicada e fiquei bem curiosa para conferir. Amo os livros da editora, especialmente por conta do capricho com suas obras e imagino que esse não deve ser diferente. A mãe da menina por causa de suas superstições bobas acaba interferindo muito na vida da filha, e fiquei curiosa sobre o desenvolvimento.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi Ketrin, ainda não conhecia o livro, mas a arte gráfica me ganhou antes mesmo de ler a sinopse. Sua resenha também me deixou curiosa quanto ao enredo. Imaginei as brigas entre mãe e filha e já quero ler o mais rápido possível.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Kétrin
    Gostei muito de conhecer esse livro. Confesso que pela capa e sinopse, não teria me interessado tanto, mas depois de ver suas impressões mudei de opinião. Não esperava uma história tão madura, cheia de valores e com personagens tão fortes. Realmente a família tem influência forte sobre nós.
    Já add em minha listinha de leituras.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  4. Oie, kétrin, achoo a bulimia um tema muito interessante, até porque ele toma conta de boa parte das meninas hoje em dia. E adorei a história dessa mãe que sonha pela filha, querendo o seu melhor mas acabando fazendo o pior, e gostei também da ideia de termos três narradores, assim dá para ver bem o lado de todos. Fiquei querendo ler

    ResponderExcluir
  5. Gosto de livros que abordam temas polêmicos, e este com certeza é um deles, o qual ainda não conhecia e fiquei muito ansiosa pela leitura.
    Obrigada por compartilhar esta excelente dica conosco!

    Beijinhos...
    http://estantedalullys.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Olá Kétrin,
    Adorei a premissa do livro. O livro aborda uma situação bem complicada os pais quererem realizar seus sonhos através dos filhos, mas não fazem isso de uma forma que deixa o filho viver os sonhos deles e se realizam por isso, não, eles querem que o sonho deles seja o sonho do filho.
    Fiquei bem chocada com a história e intrigada para saber qual é a doença da Vitória e, também, como ela lida com esse desejo da mãe e se impõe perante ele.
    Anotei a dica e espero curtir a leitura.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  7. Eu gosto de ler livros que tragam assuntos sérios assim e que tenham personagens com a personalidade forte. Acaba fugindo um pouco do que estou acostumada a ler e isso é sempre muito bom. Eu ainda não conhecia o livro mas depois de ler a sua resenha eu fiquei curiosa com a leitura.

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Adorei o tema do livro. Realmente a bulimia é uma doença muito grave e ver que a menina entrou nessa apenas por vaidade e vontade da mãe da muita raiva e angústia. É uma mensagem muito forte sobre os pais deixarem os seus filhos seguirem o próprio caminho.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Eu não achei que a história poderia ser tão profunda, mas ao ler sua resenha deu pra perceber que o livro é muito mais que a capa.
    Adorei o jeito que a aautora tratou de temas importantes como a bulemia, e o fato de a mae ter toda a vida da guria traçada sem mesmo ela ter uma opinião sobre isso.

    ResponderExcluir
  10. Oie!
    Nossa, que tema intenso! Com certeza acontece muito disso nas meninas por ai, onde a mãe impõe uma vontade e acaba prejudicando a vida da filha. Um livro que vai levar muitos a reflexão com certeza, e acredito que vou me emocionar com essa história.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  11. Oi Kétrin,

    Achei essa capa lindíssima. Se eu não me engano, já li uma resenha sobre esse livro. De qualquer forma, fiquei bem interessada, principalmente pelos personagens serem bem construídos. Acredito ser o tipo de leitura fácil, mas que passa mensagens importantes acerca de distúrbios que estão bem presentes na nossa geração.

    Parabéns pela resenha! :D

    beijo!

    ResponderExcluir
  12. Que bonita a edição do livro e é um tema bem relevante. Muitos pais querem escolher o que os filhos devem fazer quando na verdade são o sonhos deles e não dos filhos e o que vem depois é um monte de problemas psicológicos, é uma história bem válida.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.blogandolivros.com

    ResponderExcluir
  13. Oie Ketrin, a história desse livro me fez lembrar de uma novela na lembro qual o nomr agora que o sonho da Mãe era que a menina disse bailarina é agia da mesma forma rigorosa que a mãe de Vitória. E no fim a menina ficava com anorexia por conta das loucuras da mãe.
    Imagino que deva ser um livro tenso mesmo e que traz emoções adversas sobre a mãe da menina pois ao mesmo tempo em que sabemos que ela só quer o bem da filha deve dar um ódio ver a destruição que ela causa a mesma. Espero que no fim a mãe perceba os erros que cometeu.
    Fiquei bem curiosa com o livro.
    Bj

    ResponderExcluir
  14. Olha, sou meio pé atrás com juvenis. Mas achei interessante a proposta desse aqui. Não sei se o leria, mas é uma ótima indicação pros meus alunos. Acho que muitos iriam gostar bastante. E trabalhar essa temáticas é interessante também. Gostei da dica.

    ;D
    Nelmaliana Oliveira

    ResponderExcluir
  15. Oie Kétrin,!!!
    Quando bati os olhos na capa pensei que a história se tratava de mais uma trama fofinha, e quando comecei ler sua resenha percebi o quanto estava engana. Acho que eles tentaram mostrar exatamente o que você ressaltou, é possível contar uma história que trata de assuntos delicados, sem pesar na mão. Eu realmente fiquei bem curiosa com o livro, gosto de tramas com assuntos mais delicados e difíceis. Só fico incomodada quando os autores criam uma drama excessivo entorno disso.
    bjs

    ResponderExcluir
  16. Olá, não conhecia o livro, porém me interessou muito em um canal da Sky tem um programa onde jovens meninas dançam e nos bastidores algumas já revelaram que em momento algum isso era sonho deles e sim da mãe delas e que quando não faziam direito as vezes eram até castigadas por isso, gostei dessa premissa do livro da ideia central dele por que hoje em dia as mães e pais querem pregar o sonho deles nos filhos, tudo bem que tem filhos que aceita, mas isso é um caso a parte, fiquei muito curiosa para conhecer esse história.

    ResponderExcluir
  17. Nossa, como assim quando ela descobriu que estava grávida já traçou planos desse jeito para a vida da menina e fez com que ela tivesse uma alimentação tão rigorosa e a impediu de brincar com outras crianças? o.O Que bom que o livro te surpreendeu e se manteve leve mesmo com a trama tratando de coisas pesadas como a bulimia, espero que as duas tenham conseguido se acertar mesmo com a mágoa gerada.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  18. Olá...
    O livro nos trás situações bem complicadas e um tema um tanto delicado, a capa e bem bonita e parece que o trabalho interno do livro e o maximo, que bom que você gostou, mesmo o livro sendo um tanto pesado em alguns aspectos, eu pessoalmente não vou ler, pelo menos não em um futuro próximo, quem sabe mais para frente, mesmo assim obrigado pela dica...
    Beijocas...
    https://westfalllivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  19. Amei a edição desse livro, parece estar fantástica tanto por dentro quanto por fora! E eu não consigo nem imaginar como seria viver com uma mãe que já traçou todo os seus passos, todo o seu futuro. Minha mãe sempre me deu liberdade de pode escolher tudo o que eu queria fazer, o que eu queria aprender - dentro, é claro, do orçamento que meus pais tinham - e sempre me incentivou a correr atrás do que eu queria e dos meus sonhos.

    Um Metro e Meio de Livros

    ResponderExcluir
  20. Gostei muito da premissa, pelo menos para mim, parece ser uma historia que prende, pois seu enredo é do tipo que gosto.

    Beijos

    Viviana

    ResponderExcluir
  21. Um livro tão bem indicado merece ser lido! Achei a trama otima, gosto de livros assim,com conteúdo, drama. Me lembrou um pouco um livro que li, a mãe no caso fez a filha viver em uma bolha por assim dizer. Pretendo ler o mais breve possivel! Não da para deixar de falar do trabalho editorial, pelo pouco que vi eu já gostei. Otima resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bom?
    A premissa desse livro é muito interessante! Uma mãe que engana a filha para torná-la uma top model e acaba arriscando a vida da mesma. Gostei muito do trabalho da editora na diagramação. Gostei de saber que você se surpreendeu com o livro e gostou tanto, vou dar uma chance a esse livro! Parabéns pela resenha!
    Beijos!
    @PollyanaCampos
    Entre Livros e Personagens

    ResponderExcluir
  23. Olá! Menina, estou aqui revoltada com esta mãe. Mas infelizmente essas história não param de se repetir em nossos dias. Às vezes bem próximo de nós e nem notamos. Gostei do livro abordar o tema. Acho importante e espero que ajude muitas pessoas!

    Sua resenha está sensacional.Parabéns pelo texto e valeu pela dica! <3

    ResponderExcluir