A História Esquecida da Hospedaria na Estrada, de C. A. Saltoris

23 maio 2016

A História Esquecida da Hospedaria na Estrada

Autora: C. A. Saltoris
Editora: Chiado Editora
Número de Páginas: 351
Gênero: Suspense, Mistério, Fantasia

Sinopse: Era uma vez... Uma fria noite de outono, em um país do Hemisfério Norte do terceiro planeta do Sistema Solar da Via Láctea, chamado Terra... Quando Mathew Roberts parte para visitar seu irmão em coma, ele é obrigado por seu estranho e repentino cansaço a hospedar-se em um hotel na beira da estrada. Ao ser recebido por uma jovem mulher com uma vela na mão, ele sente um frio descer-lhe pela espinha, mas não tem forças para voltar; como se ela fosse o imã e ele o metal. Ao pisar na recepção, ele começa a perder a memória. O TEMPO PASSA. INITERRUPTAMENTE. E ELE QUEM NARRA ESTA HISTÓRIA. Este é um Conto de Fadas... da Morte, sobre: criaturas não-humanas, um deus na puberdade, um amor impossível, escolhas e Sonhos Mortos.


A história da hospedaria é narrada por Chronos, o Deus do Tempo. Ele está presente em todos os lugares e com todas as pessoas, portanto, ele tem uma inteligência sobre humana. Mas na hospedaria onde o tempo não passa, Chronos não existe. Por isso ele se apoderou de uma capa humana de um menino de dezesseis anos, Christopher. Dentro do corpo de um menino, ele poderá sentir e vivenciar todas as experiências que os humanos sentem, e também estar perto de Linumê.

Linumê é uma Fada da Morte e guardiã do portal que separa o submundo do nosso, e esse portal fica dentro da S’mentry Manor, a hospedaria da estrada. Sendo uma guardiã, seu trabalho era cuidar da sobrevivência das criaturas do seu mundo, trazendo para o outro lado todos os humanos que entrassem na hospedaria, onde os sonhos mortos desses inquilinos seriam roubados para servir de fonte de energia para as criaturas. Todos que entram na hospedaria, jamais saem de lá com vida.

Ocorreu assim por décadas, até que Mathew Roberts chegou na hospedaria e mudou tudo. Mathew é um homem comum que por algum motivo foi atraído para aquela hospedaria, e sua chegada fez com que Linumê perdesse todos os sentidos e quebrasse as regras, mas porque? Seria possível uma fada da morte se apaixonar por um humano? E assim começa a se desenvolver a história com a hesitação de Linumê diante de Mathew.

"E aqui começa, de fato, a nossa história. A história de amor entre uma criatura sem alma e um ser humano que não compreendia a sua."

A História Esquecida da Hospedaria na Estrada é uma leitura intrigante. Quando eu comecei o livro estava esperando uma história de terror, já que se tratava de um conto de fadas da morte, mas fui surpreendida com um suspense de tirar o fôlego. A autora tem uma escrita muito fácil e que flui rápido, ela criou personagens diferentes e que apesar de sombrios, são cativantes.


Linumê é a mais surpreendente, desde o começo da história nós vemos que ela faz o mal para as pessoas e que devemos odiá-la, mas não é isso que acontece. Ela apresenta uma grande mudança no decorrer da trama, ela se revela sensível quando se vê apaixonada e faz coisas inimagináveis para uma Fada da Morte, o que nos deixa de queixo caído.

Me arrisco a dizer que Chronos foi meu preferido, começando por ele narrar a história diante do seu ponto de vista e também contando sua história. Ele sempre esteve presente no mundo desde o começo dos tempos, mas não em carne e osso, e sim apenas como uma alma. Então ele conhecia as pessoas e sabia tudo que se passava com elas, mas nunca sentiu isso na pele. Seu maior desejo era ter esses sentimentos e viver, e logo que ele conheceu Linumê, ele se apaixonou perdidamente por ela e quando surgiu a oportunidade de habitar um corpo humano e estar ao lado dela, ele não pensou duas vezes. No decorrer da história ele conta como é estar no corpo de um garoto de dezesseis anos e até se sente frustrado por não conseguir o que mais desejava, conquistar Linumê. Para ela, ele era apenas um grande amigo, e a chegada de Mathew fez com que Chronos sentisse o mais temível dos sentimentos, o ciúmes. Com toda sua sabedoria de Deus do Tempo, ele se vê perdido no corpo de um humano e muitas vezes se sente confuso diante de algumas inocências. Por isso foi tão fácil ele ter se tornado o meu preferido.

Recomendo a todos que se aventurem nessa História Esquecida da Hospedaria na Estrada e conheçam esses personagens sobrenaturais e sombrios, mas nunca jamais deixem seus sonhos morrerem. Tenho certeza que assim como eu, irão amar essa história.

22 comentários

  1. Oi ketrin

    Não sou chegado em estórias de terror mas pra ser bem sincero fiquei curioso por ser um conto de fadas de terror. Mesmo a estória sendo suspense os personagens te cativaram é isso despertou bastante minha curiosidade. Fora essa capa que está lindíssima também. Enfim creio que deve ser um ótimo livro para se ler no dia das bruxas. Dica anotada.

    Everton Equipe Rillismo

    ResponderExcluir
  2. A história já me conquistou só por saber que a história é narrada por Chronos. Realmente, deve mesmo ser uma leitura bem intrigante, pelo que pude concluir em suas palavras. Não conhecia a obra, mas fiquei bem curiosa sobre o desenvolvimento. A editora vem surpreendendo com ótimos títulos publicados heim?!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  3. Oi Ketrin,
    Menina que interessante, confesso que antes de ler a tua resenha eu nem sonharia que essa história se tratava disso, sério mesmo, também pensei que seria uma história de terror e das bem fraquinhas diga-se de passagem, mas a sua resenha deixou claro que não e me instigou em relação a essa leitura, fiquei curiosa, vou adicionar a minha lista da Chiado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi, tudo bem?
    Achei a premissa desse livro muito interessante e ele parece ser uma ótima leitura para quem assim como eu gosta de histórias de terror ou com bastante suspense!
    Que bom saber que a narrativa da história é fácil e fluida e que os personagens são cativantes! Fiquei ainda mais interessada em realizar essa leitura.]


    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  5. Tinha receio de ler esse livro por acreditar também que tratava-se de uma história de terror, fico feliz de saber que na verdade é um suspense e que os personagens, apesar de sombrios, são cativantes. Adorei isso de termos o deus do tempo e a fada da morte, e achei muito louco isso de roubar os sonhos mortos dos inquilinos para fornecer energia para as criaturas, e isso ter como consequência a morte dos inquilinos. Adoro essa capa e vou querer ler.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  6. Olá, eu também achava que seria um livro de terror mas gostei de saber que não é. Fiquei super curiosa para ler também e gostei muito da resenha e saber a sua opinião sobre a obra. Parece que é uma leitura que eu vou gostar mas nãoo posso dar a certeza,mas gostei da dica e talvez eu o leia ainda esse ano. Achei o enredo muito intrigante mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Livros com nomes grandes como esse, sempre despertam a minha curiosidade e a sua resenha também me instigou. Não sou de ler muito sobrenatural, mas este aqui me ganhou pela premissa original.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. OI!!

    Confesso que gostei da sua resenha, todo esse mundo sobrenatural com deuses, fadas e humanos me cativam. Imagino como uma fada da morte deve agir diferente ao se apaixonar por um humano, como suas ideologias devem ser frustrada e até Cronos, o deus do tempo, consegue ser consumido pelo ciúmes. Gostei e me aventuraria sem sombras de dúvida por esse mundo inimaginável. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi Linda!
    O título e a capa me atraíram bastante. Quando li sua resenha tive certeza de que precisaria ler esse livro. Gente! Adoro histórias com esse tom sombrio e apavorante. Achei interessante Chronos como personagem fundamental e decisivo.
    Valeu a dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  10. Ameeeeei a premissa!
    Apesar de ter amado o título e ter achado incrível e bem curiosa, a capa não me chamou atenção.
    Gosto bastante dessa vibe sombria, e to adorando ler livros nesse gênero, então quero muito conhecer essa trama de Chronos, principalmente, já que foi seu preferido!
    Assim que tiver a oportunidade lerei!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Eu ainda não conhecia o livro e logo de cara a capa chamou minha atenção. Confesso que pensei mesmo se tratar de um livro de terror no início.
    Mas achei a história bem bacana e principalmente pela personagem criada uma fada da morte. Fantasia é um gênero que me atrai e muito e fico feliz quando encontro história com seres diferentes do que estamos habituados a ler.
    Outro ponto que gostei e muito é saber que o livro carrega esse suspense todo que tirou seu fôlego.
    Com certeza pretendo ler!
    Bj

    ResponderExcluir
  12. Amiga eu na verdade não leio muito livros assim sombrios e muito menos de suspense, mas eu gostei da trama e me pareceu ser bastante misterioso quando eu vi a capa. Achei mesmo que fosse de terror por conta disso também, mas eu acho que me enganei lendo sua resenha. Já faz algum tempo que não leio nada da Chiado Editora, mas eles arrasam com alguns de seus titulos e eu gostaria muito de ler outros deles que ainda não li, mas gêneros assim não me atrai, mas quem iria gostar mesmo é a Amanda e a Joanice, porque elas curtem. Espero poder começar por Harlan Cobem primeiramente, pois dizem que a escrita dele é muito boa, mas sei que o genero dele é um suspense policial e investigativo. Mas já vou entrando aos poucos em outros gêneros parecidos para poder ler outras coisas, porque tu sabe que meu ponto forte é Romance rs

    Amiga por incrivel que pareça eu nunca li nada dessa autora. Eu tenho apenas o primeiro livro na minha estante e dizem que ele é muito bom, mas até agora nada. Eu nem sei também se eu vou gostar, mas dizem que quando começa não consegue mais parar de tão boa que é a história. Mais eu tenho visto muita gente falando que os próximos volumes peca um pouco na parte dos personagens e um pouco sobre a história. Eu nao sei o que pensar, porque ainda não tive a oportunidade, mas quando eu ler o primeiro livro e entrar no mundo de Anna Todd quem sabe né? Se eu gostar do primeiro eu compro o segundo e assim por diante, se não eu paro rs Não quero me arriscar comprar todos e ainda não gostar também né? Mas mesmo assim achei legal tu dar seu ponto de vista em relação ao que vc disse sobre os 5 livros da série. Também acho um exagero pra falar a verdade. Acho que a autora deveria ter feito uma trilogia já que não necessitava. Mas vai entender né? Mas enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/05/resenha-orange-ichigo-takano.html

    ResponderExcluir
  13. Oi!

    Eu adoro livros do gênero, mas faz um tempo que eu não leio nada. Adoro suspense, adoro terrorzinho, adoro coisas macabras e que te intrigam. Eu adorei o fato de ser um conto de fadas mórbido, rs, achei sensacional mesmo, porque por exemplo os contos dos Grimm são os meus favoritos. Achei bem legal a premissa, então com certeza eu lerei. Ainda mais por ser intrigante. :)

    Parabéns pela resenha!
    beijo!

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?

    Quando comecei a ler sua resenha achei que o livro fosse de fantasia. Depois pensei que seria de romance e terror, até descobrir que na verdade era de suspense, rs. Não conhecia essa escritora ou o livro em si, mas fiquei bem interessada. É um tipo diferente de livro, já que não leio muitos do gênero, o que aumentou a minha vontade de ler. Fiquei bem curiosa para conhecer um pouco mais da Linumê e principalmente do Chronos, já que você gostou tanto dele. Parece ser o tipo de livro que eu vou adorar <3

    Muito obrigada pela dica ;)

    Beijos.

    http://instantesmemoraveis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi :)
    Adorei a resenha, pois ainda não tinha lido em nenhum blog. E adorei os personagens da história e o enredo parece ser magnífico. Quando li Chronos e fada do mal, eu pensei em maldição e mortes (Típicos em livro de terror), mas o livro acaba sendo um romance entre uma fada e um homem (Propaganda enganosa, kkkk).

    Adorei a capa, me apaixonei pelo livro. Beijos, Alice ♡

    ResponderExcluir
  16. Não gosto de ler terror nem suspense e a premissa do livro não me despertou curiosidade, mas gostei bastante da sua descrição do Chronos e Linumê, pois parecem que eles trazem plots bem interessantes na história e também o que eles significam.
    Não seria uma leitura para mim no momento, mas leria só pela Linumê!

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Oiii!!!

    Eu não conhecia esse livro e por não ser meu estilo favorito, não sei se leria ou procuraria mais sobre ele.
    Gostei bastante de saber que você se surpreendeu e gostou bastante da obra. Como eu disse, não faz muito meu estilo, mas passarei a dica para meus amigos!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  18. Olá, tudo bem?
    Eu gostei bastante do seu trabalho. Uma resenha bem escrita e com palavras claras. No entanto, não sei se entendi muito bem a mitologia criada pelo (a) autor (a). Essa questão de fadas da morte, Mathew e Chronos me pareceu um pouco confusa.
    Mas confesso que fiquei um tanto curiosa com essa história, fantasia e coisas sobrenaturais comedidas sempre me atraíram.
    Sinceramente espero ter a oportunidade de ler esse livro e conferir de perto essa aventura. Quem sabe assim desanuvia minha confusão, não é mesmo?

    Parabéns pelo trabalho.
    Abraço.
    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  19. Minha primeira impressão pela capa foi pensar em um livro de terror, mas como você disse não é um terror e sim um suspense. Eu fiquei mais louca para ler. Essa capa e essa sinopse ( quem escreve essas sinopses né? elas fazem nosso desejo atiçar rs) me fizeram sentir total vontade de ler esse livro.
    Eu não conhecia a autora ou sua obra, mas adorei.
    Parabéns.
    Beijos
    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha lido nada sobre esse livro e confesso que de início não imaginei que seria uma história que me deixaria curiosa, mas deixou! Eu achei bem criativo e diferente a premissa da história, nunca li nada parecido e fiquei realmente interessada em acompanhar tudo, em saber como será a mudança de Linumê, realmente quando nos apaixonamos a gente muda bastante, né? kkkk Enfim, acredito que vou gostar de todos os personagens, mas arrisco que Linumê vai me cativar mais, por isso quero ler pra já.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  21. Oi Kétrin,
    Não conhecia o livro e nossa... Tenho certeza que a leitura foi intrigante, já me senti extremamente curiosa já na sinopse, que também me fez acreditar se tratava de uma história extremamente assustadora. Mas fico feliz que não seja, amei a proposta do livro e adoraria poder lê-lo em algum momento, estou super curiosa para saber como se desenrolou esse romance impossível. Não costumo me sentir atraída por livros do gênero, mas quando isso ocorre, quase sempre me vejo em uma boa leitura. E estou sentindo que essa é sim uma boa leitura.

    Abçs
    Nosso Mundo Literário

    ResponderExcluir
  22. Ola Ketrin lindona adorei a premissa do livro , o fato de ser uma leitura instigante repleta de suspense e muito bem trabalhado já chamou minha atenção, pelo visto irei me encantar com os personagens bem construídos. A capa está muito bem feita e com certeza chama atenção. Dica anotada. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir