31 Profissão Solteira, de Claudia Aldana

13 maio 2016

31 Profissão Solteira

Autora: Claudia Aldana
Editora: Primavera Editorial
Número de Páginas: 295
Gênero:Romance, Crônicas

Sinopse: Consuelo Aldunate parece ter tudo o que uma mulher quer: independência financeira, um bom grupo de amigos, um trabalho divertido, um guarda-roupa invejável e um apartamento top. Mas Consuelo quer uma coisa que para muitas mulheres pode soar básico. Um acessório
difícil de conseguir, embora pareça estar em toda parte: um homem. Exigente, ela não quer qualquer homem; quer um próprio, privatizado e que possa mostrar a todos. Por isso arregaça as mangas e sai à procura de um namorado por todos os lugares onde possa haver homens interessantes e disponíveis. Nessa busca, entre drinques e encontros insólitos, a anti-heroina vai descobrindo que é difícil deixar de ser solteira. Com humor inteligente, a personagem mostra que por mais que esteja na moda ser single, há momentos em que daria tudo para ter alguém esperando por ela em casa.
 Claudia Aldana é uma jornalista chilena que fez uma série de crônicas para uma revista voltada para as solteiras, seus textos fizeram o maior sucesso e aqui em 31 Profissão Solteira, ela nos apresenta suas crônicas vividas por uma personagem muito querida.

Consuelo Aldunate tem trinta e um anos e está no auge da sua solteirice. Ela é uma mulher independente, tem um emprego bom, sua própria casa, amigos que estão sempre com ela. Mas sua vida amorosa é um desastre, ela é conhecida por ter o famoso dedo podre. Consuelo já passou por tantos encontros que até perdeu a conta, e cada um desses encontros trouxeram um pretendente diferente e uma nova enrascada. Mas o que é trágico e desesperador para ela, é engraçado para nós, leitores.


31 Profissão Solteira é um livro super divertido e apesar de ser uma coletânia de crônicas, a autora organizou para que ficasse de uma forma contínua. Então, as aventuras e os desencontros de Consuelo são tudo em ordem e de fácil entendimento. A escrita da Claudia é super leve e contagiante, ela narra os acontecimentos de uma forma divertida, como se estivesse conversando com o leitor. A impressão que tive no decorrer do livro, é que eu estava conversando com uma velha amiga.

"Se existisse botox para cicatrizes amorosas, estaria tudo muito melhor."

Consuelo é uma mulher super moderna e independente. Ela é bem resolvida, quando realmente quer algo, ela não mede esforços e vai atrás, mostrando suas atitudes e muitas vezes até se surpreendendo. Ela é muito competente em seu trabalho e não deixa a desejar, assim como na sua vida pessoal. Ela tem grandes amigos que são inseparáveis, quando um precisa, o outro já está lá oferendo um ombro amigo. Ela é totalmente segura de si, com uma personalidade marcante, mas que também é frágil e insegura em alguns momentos. Apesar de ter um dedo podre, ela não desiste nunca de encontrar sua alma gêmea, nenhuma recaída é forte o bastante para deixá-la para baixo e fazê-la desistir do seu sonho de encontrar um namorado/marido perfeito.

Confesso que quando me dei conta de que o livro estava acabando, senti falta de Consuelo e queria ler desesperadamente mais aventuras dela. É uma leitura que te prende do começo ao fim e não te deixa largar o livro até que seja obrigada, já que ele acabou. É um livro recomendado não só para as solteiras que se vêm no corpo de Consuelo, mas também para as mulheres casadas, e também para os homens, para que consigam entender um pouco mais de uma mulher.

21 comentários

  1. Oi Kétrin, eu já li esse livro e faz um bom tempo e adorei. A diagramação da editora também é impecável. Senti saudades de Consuelo só de ler sua resenha haha.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi Kétrin,
    Eu não conhecia esse livro mas já gostei da capa, do título e da sinopse. Depois de ler a tua resenha, eu fiquei super interessada por essa leitura. Eu gosto muito de crônicas e contos e acho que esse livro me agradaria bastante. Achei a ideia dele super interessante.

    ResponderExcluir
  3. ai eu adoro livros divertidos!! quero mt ler esse, vou por na minha lista!
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  4. Ketrin, ainda não conhecia o livro e já estou mega cativada pela Consuelo. Acho que quando tiver a oportunidade de ler, me sentirei como você, com saudade quando o livro terminar..
    Espero poder ler em breve!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi, Kétrin
    Adorei sua resenha e tenho muita vontade de ler esse livro.
    Adoro livros com essa narrativa que nos deixa tão a vontade quando lemos, a ponto de parecer uma conversa. O livro deve ser uma delícia de ler.
    Amo a editora, eles sempre tem livros incríveis.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. OI!

    Eu não conhecia esse livro e achei a temática envolvente, além da autora ter organizado as crônicas de forma a dar prosseguimento na estória de Consuelo. Mesmo tendo o dedo podre é possível entender essa obsessão em conseguir um marido, afinal a sociedade é muito complicada, ta aí uma descoberta legal e que me vejo lendo. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oiii!!!

    Eu não conhecia esse livro mas já quero!
    Adoro contos e crônicas e adoro jornalistas, logo seria uma Leitura bem gostosa e divertida.
    Gostei muuuito da sua resenha! Vou tentar ler em breve!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Oiee Kétrin ^^
    Eu ainda não conhecia esse livro, e, mesmo não gostando muito de livros de crônicas, fiquei mega curiosa para ler as histórias da Consuelo, que parecem ser engraçadas à beça. Saber que o livro é um daqueles que conseguem prender o leitor do início ao fim me deixou ainda mais curiosa para conhecê-lo, pois eu amo quando os autores conseguem essa façanha.
    MilkMilks ♥

    ResponderExcluir
  9. Apesar de não gostar muito de crônicas, adorei a premissa desse.
    Consuelo parece ser aquela personagem que sempre nos faz rir, e gostei de saber que ela é bem resolvida e independente, é algo que gosto numa personagem, principalmente feminina!
    Adorei a resenha!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. Oi Kétrin!
    Adorei essa capa!! Achei ela colorida e bem bonita!Fiquei bem curiosa. Eu adoro crônicas e acho que esse livro deve ser bem divertido e legal de ler. Anotei a dica. <3

    beijo!

    ResponderExcluir
  11. Oi Kétrin
    Não conhecia o livro, mas só pela sinopse já fiquei interessada.
    Adoro crônicas e acho o máximo quando são organizadas de forma meio continuada. Pelas suas impressões, realmente deve ser um ótimo livro, já que você está sentindo falta da Consuelo.
    Achei a capa lindinha.
    Ótima dica.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  12. Oi!
    Acho que nunca li um livro de coletânea de cronicas, mas já adorei a ideia da autora de organiza-las de forma contínua, de modo que o autor acompanha as aventuras da protagonista de forma que ocorreram.
    Gostei muito da personagem ser alguém tão divertida e independente, com certeza é algo que vou adorar ler

    ResponderExcluir
  13. Helloo, Kétrin! Tudo numa nice?!
    Eu não conhecia a jornalista que publicou as crônicas para a revista e consequentemente o livro. Confesso que esse não é um gênero que curto de verdade, acho que porque não leio mesmo e só fico na fanstasia e no drama cheiro de lágrimas e essas coisas todas. Mas eu achei interessante a proposta, acho que tem uma pegada chick lit em cada crônica. Deve ser divertido. Eu não sei se me sentiria presa, eu sou bem chata e só com livros de muito suspense que eu não consigo largar. Mas acho que iria gostar da obra sim pelo que você abordou aqui.
    Beijin...

    ResponderExcluir
  14. Oi querida, tudo bem?
    Não conhecia esse livro e nem mesmo a autora,mas vê-la escrevendo com tanto esmero e dedicação fique até com vontade de ler.
    Mas de fato o livro me pareceu muito divertido. Assim, pelo o que você e pelo o que está na resenha, me pareceu algo que eu gostaria muito de ler.

    Confesso que fiquei curiosa para saber se a Consuelo encontra ou não um amor. hahaha

    Parabéns pelo trabalho
    Ingrid Cristina
    plataformatresquartos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Kétrin, tudo bem?
    Admito que li poucos livros que tenham humor na narrativa e ultimamente ando precisando ler coisas novas e esse parece ser o livro perfeito. Acho muito legal o fato da protagonista ser mais velha e solteira, e acredito que muitos poderão se identificar com ela e no decorrer do livro até torcer para que ela consiga encontrar o namorado perfeito que tanto sonha. Também achei legal você ter ressaltado que a autora escreve de uma maneira que dialoga com o leitor, isso acaba nos fazendo mergulhar cada vez mais na história e isso me fez ficar interessada nele, espero lê-lo em breve pois adorei a sua resenha.

    Beijos! ♥

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem?
    Eu nunca tinha lido nada sobre esse livro, mas fiquei bem aniamda, porque estou precisando de algo engraçado e essa parece ser a dica perfeita, embora seja realmente triste se pensar pelo ponto de vista de Consuelo kkkkkk Eu acredito que seria conquistada facilmente pela personagem, pois pelas suas descrições ela é realmente bem cativante e deve fazer falta depois que acaba a história mesmo. Enfim, adorei a sua dica de hoje, espero ler um dia e conhecer Consuelo e seu dedo podre kkkk

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  17. Oi *--*

    Não conhecia esse livro e pra ser bem sincera nem a editora o.O Adoro livros nesse estilo e confesso que sua resenha me deixou bem empolgada para ler. Lendo sua resenha tive a sensação de ler numa pegada mais chick-lit o que torna ainda mais agradável pra mim.

    Bjos
    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi, flor.

    Não conhecia o livro, mas gostei bastante da premissa da história. O livro parece ser bem divertido mesmo só de ler o quote que você postou e já dá pra saber. É muito bom quando a gente termina um livro, mas querendo mais da história e vejo que isso aconteceu com você. Espero ler em breve!

    Beijos,
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  19. OI Kétrin, este livro é desconhecido por mim até o momento mas é ótimo por ser sobre solteiras que está sendo cada vez mais cotado no mundo editorial. Gosto de ler histórias assim porque ao contrário de romances de época, a mulher solteira vive situações bem engraçadas, mesmo que estas sejam uma coletânea.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  20. Hum, livro de crônicas, divertido, com aventura, desencontro e essa narrativa que quando a gente percebe o livro já tá acabendo, me interessou.
    Eu não conhecia a autora nem sua obra, mas achei a proposta muito boa, e essa escrita que parece um papo com a autora, fechou com chave de ouro e me ganhou.
    Anotei a sugestão.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  21. Oii, tudo bem?
    Eu adorei a sua resenha, ainda não conhecia o livro, mas a proposta é muito interessante. Eu gosto de livros em que a protagonista é independente e bem resolvida, então tenho certeza que irei gostar desse.

    ResponderExcluir