Zumbeatles - Paul Está Morto-Vivo, de Alan Goldsher

13 abril 2016

Zumbeatles - Paul Está Morto-Vivo

Autor: Alan Goldsher
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 350
Gênero: Jovem Adulto

Sinopse: A verdadeira invasão britânica chegou. Eles estão mais mortos-vivos do que nunca. Nessa divertida releitura da trajetória da mais famosa banda inglesa, acompanhamos os principais acontecimentos na vida desses mitos do século XX... porém com um pequeno detalhe: os músicos são zumbis. Não os lentos e imbecilizados zumbis aos quais estamos acostumados. Mas zumbis espertos, rápidos e cheios de sex appeal. Além de alguns truques de controle mental. Entre sangue, suor, guitarras e iê-iê-iê — e a perseguição do implacável caçador de zumbis Mick Jagger —, eles são atacados por uma ninja do oitavo nível, Yoko Ono, condecorados pela rainha e consolidam uma invasão mundial.


Zumbeatles é um livro perfeito para os fãs da banda Beatles que adorariam ter a notícia de que os integrantes que não estão mais entre nós, poderiam estar mesmo que fosse um morto-vivo. A trama é recheada de seres sobrenaturais, como zumbis, vampiros, ninjas, tudo isso em um mundo onde é normal eles exististirem no meio dos seres humanos.

Conhecemos como a febre dos zumbis começou. Os zumbis liverpudianos são muito diferentes dos outros zumbis do mundo, eles são tranquilos e muitos sociáveis com a população, eles possuem poderes sobrenaturais como a hipnose. Porém, eles são menos violentos quando estão transformando suas vítimas, independente do tamanho da sua força. O primeiro zumbi a ir para Liverpool sempre passou despercebido devido as suas características, ele era tranquilo e só ia atrás de uns miolos quando sentia fome, e isso sempre demorava. Porém, ele fez sua primeira vítima um bebê arrecém nascido, e essa criança zumbi cresceu e mudou o mundo da música. Estamos falando de John Lennon.


A narrativa segue sendo um livro reportagem, onde o autor Alan Goldsher se transforma em um personagem do livro e decide escrever uma biografia da banda que conquistou milhares de fãs. Com comentários do próprio autor o livro segue com entrevistas, não só do quarteto, mas também de vários músicos do mundo, artistas, ex integrantes da banda, amigos mais próximos, alguns fãs, e até mesmo com o Diabo e com Deus.

Misturando realidade e fantasia, a trajetória da banda é contada em forma de releitura para todos os fãs dos garotos de Liverpool. O enredo acompanha os principais acontecimentos na vida dos músicos que se tornaram um mito, fazendo com que os beatlesmaníacos pudessem relembrar e se divertir com todas essas referências clássicas e claro, com um toque sangrento.


Apesar de eu não ter sido uma fã da banda, eu reconheço o trabalho deles e sei que foram muito bons no que fizeram. A banda conquistou o mundo, mostrando seu talento, carisma e originalidade. Então acredito que esse não é um livro apenas para os fãs, mas sim para todos que sentem uma curiosidade em saber um pouco mais sobre o quarteto, mesmo que seja em tons de ficção com realidade.


18 comentários

  1. Oi Kétrin, eu não leria esse livro por não ser fã dos Beatles e nem ter interesse mesmo, mas acho que é uma ótima recomendação para quem curte a banda e o gênero literario, assim como quem gostaria de saber mais sobre a trajetória deles. Como você mesmo disse, não é apenas para quem é fã, mas vou passar essa dica. Apesar disso, já recomendei o título para umas amigas que adoram eles.
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Oi Ketrin, li sua resenha imaginando como seria para um fã dos Beatles ler esta história. Imaginei cada um dos meninos de Liperpool nesta ventura e curti a originalidade da trama. Não lembro se já li livro com zumbi, mas acho que esse aqui seria muito apropriado. Não sou fã dos Beatles, mas conheço bem a história.
    Amei a dica!!
    Meu Amor Pelos Livros
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi, Kétrin! Tudo bem?

    Os Beatles é uma banda muito prestigiada e acredito que a comparação com Zumbis, não deu muito certo. Sei não... Não sei se irei ler... Pode ser que sim, mas prefiro não arriscar.

    Contudo, sua resenha está muito boa. Parabéns pela forma como descreveu sobre o livro.

    Beijos,
    Danny

    Participe do Sorteio de Abril no Irmãos Livreiros!

    ResponderExcluir
  4. Oi Kétrin

    Eu sou fã do Beatles e esse livro já está encomendado HAHA eu adoro zumbis também e essa mistura + releitura deve ter ficado muito massa. Além do mais, aparentemente a gente vai saber mais sobre eles, mas de uma forma bem mais dinâmica. Adorei a sua resenha, ótima como sempre!

    beijo!

    ResponderExcluir
  5. Olá Kétrin,
    Sou fã da banda, mas não tenho vontade de ler o livro, sabe? Não consigo imaginar eles sendo Zumbis e acho que é bastante bizarro, para dizer o mínimo.
    Entretanto, essa mistura de realidade com ficção é atraente, não nego. Sua resenha está incrível e encantadora.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  6. Oi, flor.

    Eu também não sou fã da banda e por isso não me interessei pela trama. Aliás, eu não curto muito histórias que tem zumbis. Não me enche os olhos, sabe? Mas fico feliz que você tenha curtido a leitura, apesar de também não ser fã deles.
    Beijos!

    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi, tudo bem?
    Eu confesso que não sou fã da banda e não sou também muito fã de seres sobrenaturais, então de cara não fiquei animada com o livro :/ Mas apesar disso também reconheço o talento dessa banda e imagino que deve ser bacana acompanhar essa história, só que não fiquei animada mesmo.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  8. Sim, é um livro diferente mas acho que mais para quem curte ou aprecia os fatos da banda. Eu não tenho nada parecido com gostar deles mas acho que esta releitura ficou bem inteligente. Não seria um livro para mim mas se fizessem por exemplo das Spice Girls que eu amo, eu leria com certeza.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  9. Oie! Eu vi esse livro na lista de solicitações da editora, mas passei por cima pois tenho completa aversão a zumbis e vampiros. Como não conheço a história da banda e também não tenho interesse, isso acabou somando para que o livro não me atraísse. No entanto, reconheço a fama dos Beatles e imagino como essa obra deve ser um prato cheio para os seguidores da banda e fãs do gênero. :3 Sua resenha ficou ótima e adorei as fotografias. ♥

    Beijos,
    Fernanda Goulart.

    ResponderExcluir
  10. Oi, Kétrin! Tudo bem?
    Sou uma grande fã da banda, principalmente do George Harrison e John Lennon, que admiro muito em carreira solo também. Por isso, quero esse livro com certeza! Confesso que a primeira vez que ouvi falarem dele, me bateu um certo receio porque temi que fizessem alguma coisa muito zoada com a banda e ficasse ruim. Mas como você disse que tem um cenário próprio com várias criaturas sobrenaturais e tudo bem contextualizado, eu gostei bastante e acho que deve ser bem divertido. Espero poder ler em breve. Beijos! ^-^

    ResponderExcluir
  11. Oii!

    Acho que essa é asegunda resenha que leio para essa obra e não me sinto interessada. Mesmo sendo elogiosa, não curto zumbis e não entendo o pq de taaaantos livros e filmes com o tema, parece que tudo tem que ter zumbis para dar certo sabe? Tô um pouquinho saturada disso.
    A capa está bem bonita e condiz com o enredo. Concordo contigo, os Beatles tem importancia muito grande com a música e é bm legal, mesmo não sendo fã, ver o trabalho deles ainda sendo divulgados.

    Beijinhso

    ResponderExcluir
  12. Ah, eu fiquei insegura para ler esse livro porque odeio zumbis, mas só de saber que os desse livro são diferentes e que convivem com os humanos já fiquei arrependida por não ter lido ainda! E adorei isso do primeiro zumbi ser o bebê John Lennon! rs... Mesmo com o toque sangrento, acho que vou querer conhecer a história, sou fã dos Beatles e acredito que vou curtir essa mistura de realidade e fantasia.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  13. Oii, tudo bem?
    Eu confesso que não sou muito fã de zumbis, mas adorei a premissa desse livro. A historia parece ter um tom cômico bem legal, e eu também a ideia bem original. E apesar de não ser fã da banda, tenho muita vontade de o ler.

    ResponderExcluir
  14. Oi ^^

    Bom, acredito que eu não seja exatamente o público alvo deste livro, já que eu nem ao menos sei uma música inteira dos Beatles. É meio vergonhoso, mas é a mais pura verdade heheh

    Tirando o fato de eu não ser conhecedora, nem muito interessada nos meninos de Liverpool, admito que achei interessante a premissa desta obra. A mistura de realidade com ficção desperta minha curiosidade.

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Já vi esse livo em alguns lugares mas, como não ouço mais as músicas da banda, não me interessei.
    Mesmo não gostando, tenho que admitir que o autor foi bem criativo "ressuscitando" os artistas de uma forma fantasiosa e até mesmo cômica.
    Para os fãs tenho certeza que será um deleite.

    Abraços, Lara.
    http://imperioimaginario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Ei, tudo bem?
    Parece ser um livro bem surreal, com elementos conhecidos mas ao mesmo tempo diferentes. Como um bebê zumbi cresce? Apesar de achar a história intrigante, não o leria, principalmente por não ser fã da banda.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  17. Eu adoro os Betles, mas mesmo assim não curti essa história dos integrantes zumbis. Não curto muito histórias com zumbi. Fica para a próxima!
    Bj
    Camila Bernardini Coelho

    ResponderExcluir
  18. Nossa que premissa louca,
    eu não sou fã da banda, mas também reconheço que o fato deles terem conquistado uma legião de fãs de diversas gerações lhes conferem um status merecido, gostei dessa singularidade dos zumbis não serem aquelas criaturas retardas a que estamos acostumados, mas mesmo assim não me aventuraria a ler.

    Abçs
    Sou bibliófila

    ResponderExcluir