Vamos Juntas? , de Babi Souza

28 março 2016

Vamos Juntas?

Autora: Babi Souza
Editora: Galera Record
Número de Páginas: 124
Gênero: Jovem Adulto, Não-Ficção

Sinopse: Toda mulher já se sentiu insegura na hora de sair sozinha na rua. O risco de ser abordada, perseguida ou assediada é uma realidade. Mas, um dia, uma moça chamada Babi Souza teve uma ideia simples e revolucionária: da próxima vez em que você estiver sozinha, olhe para os lados. Pode ter outra mulher andando na mesma direção. Por que não vão juntas? Logo, o movimento Vamos Juntas? conquistou moças em todo o Brasil, se tornando um símbolo de união feminina e feminismo, na defesa por direitos iguais entre homens e mulheres. Aos poucos, muitas mulheres mudaram sua forma de enxergar o dia a dia e a moça ao lado. Além de dados sobre o feminismo, que mostram como ainda há tanto a ser conquistado, este guia traz relatos de mulheres que aprenderam, junto ao Vamos Juntas?, a enxergar companheiras umas nas outras. A se unir, ao invés de rivalizar.


O movimento Vamos Juntas? é uma página da internet que foi criada com o intuito de reunir um grupo de mulheres e mostrar que elas não estão sozinhas. Esse movimento começou quando ao voltar mais tarde do trabalho para casa e ter que passar por uma praça escura até chegar em uma parada de ônibus que também era perigosa, Babi percebeu a quantia mulheres que caminhavam separadamente, mas que iam todas para a mesma parada de ônibus, todas as mulheres praticamente corriam para a parada sem olhar para trás por se sentirem amedrontadas com o que poderiam encontrar. Nisso Babi pensou, porque não ir todas juntas? além de ter uma companhia, iriam se sentir mais seguras.


Assim surgiu a página do facebook Vamos Juntas?, um lugar onde as mulheres podem se juntar em momentos de risco e compartilhar suas histórias de medo e de vitórias, além de mostrar que amizade e sentimento de proteção entre o mesmo gênero existe sim, deixando para lá o pensamento machista da sociedade. Surge o termo sororidade, que nada mais é do que um grupo de mulheres que se tornam irmãs e estão em busca do mesmo objetivo: mostrar que elas são mais fortes quando estão juntas, criando uma união e aliança entre elas que é baseada na empatia e no companheirismo.


Babi começou a receber muitos depoimentos de mulheres contando de abusos sexuais, muitas delas sentiam vergonha disso e não haviam contado nem mesmo para os familiares. Quando elas viram o movimento no facebook, elas perceberam que não estavam sozinhas e sentiram que haviam encontrado um conforto e que ali podiam desabafar. Isso fortaleceu ainda mais a luta das mulheres por uma sociedade igual, a luta pelos seus direitos e por respeito.


Acredito que esse é um livro que deve ser lido por todos, tanto homens quanto mulheres. Apesar de termos conquistado muita coisa, é importante nunca deixarmos de lutar e estarmos todas juntas, pois assim conseguiremos chegar mais rápido. Adorei conhecer esse livro e o projeto, é lindo ver o quanto ele ajudou muitas mulheres e continua ajudando todos os dias. Ele mostra que praticando a sororidade, juntas conseguiremos alcançar todos nossos objetivos.

26 comentários

  1. Oi Kétrin, tudo bem?
    Esse livro é maravilhoso, ou melhor, o movimento #vamosjuntas não poderia ser melhor. E acho que todas as mulheres devem ter um exemplar desse em mãos. É preciso fazer muita divulgação em cima, para que todos apoiem a sororidade. Juntas somos sempre mais fortes! Adorei sua resenha!
    Beijos, Fer

    ResponderExcluir
  2. Estou lo9uca para ler esse livro, que além de ter uma diagramação super fofa, é de meu interesse pessoal.... creio ralmente que todos deveriam lê-lo, está na minha lista de desejados, e com certeza irá furar a fila...
    beijos

    ps: linda resenha, super dinâmica.

    ResponderExcluir
  3. A diagramação do livro pode até dar uma enganada, querendo apenas encher nossos olhos para uma arte gráfica bonitinha. mas o grande lance deste livro é o seu conteúdo e a mensagem pertinente que ele traz. Adorei seu post!!!! Maravilhoso!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Esse movimento é tão <3

    Eu e umas amigas já praticamos na faculdade, descemos todas juntas para o ponto de ônibus, porque assim nos sentimentos mais seguras. <3 Esse livro ficou uma graça, adorei o design dele, além dele ser super instrutivo né? Muita gente vai aprender mais sobre feminismo, empoderamento, sororidade e etc <3

    ResponderExcluir
  5. Oiee ^^
    Eu me arrepio toda quando vejo depoimentos de mulheres que enfrentaram situações assustadoras e de risco juntas. Acho incrível que as mulheres estejam se unindo para se proteger (por mais que seja triste termos que fazer isso em pleno século XXI por causa de certos homens), então estou doida para ler esse livro ♥ Confesso que, mesmo ligada em páginas feministas do Facebook, não conhecia o "Vamos juntas?" até ver o livro *-* Ainda não comecei a ler o livro, mas já recomendo também...hehe' imagino que seja tão incrível quanto a página (que eu já estou curtindo ♥).
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oi Kétrin, tudo bem?
    Estou lendo esse livro atualmente e estou adorando! Ele abriu meus olhos com relação a muitas coisas, e levantou em mim um espírito de empoderamento feminino que quero muito colocar em prática!
    Achei muito bacana a atitude e o pensamento da Babi em unir as mulheres!
    A diagramação dele tá uma fofura!
    Estou quase finalizando e amando a leitura!

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  7. Oi Kétrin,

    estou louca para ler essa obra! Adoro livros que falam sobre feminismo e empoderamento, são leituras necessárias! e bem legal esse projeto da autora, às vezes só uma mulher consegue entender mesmo os sofrimentos de outra e saber que não estamos sozinhas na luta contra o machismo é muito bom! Excelente resenha!

    Beijos!
    Participe do Sorteio Mês das Mulheres, são 10 livros e muitos marcadores
    http://www.mademoisellelovesbooks.com/

    ResponderExcluir
  8. Estou louca para ler esse livro!
    Acredito que o tema é muito pouco debatido e devemos propagar o empoderamento feminino e o respeito a todas as mulheres.
    Gostei muito das suas impressões. Com certeza tenho que ler.
    Beijinhos
    Rizia - Livroterapias

    ResponderExcluir
  9. Já ouvi falar no livro e nesse movimento, e achei muito bacana! Sou feminista e apesar de reconhecer que conquistamos muitas coisas, como você disse, ainda temos que lutar. Quero muito ler esse livro, ainda mais pra prestigiar uma autora nacional, é muito importante!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
  10. Oi *--*

    Tenho visto esse movimento faz um tempinho e quando vi o livro fiquei doidinha para ler, até agora só vi resenhas muito positivas. Adorei essas imagens no livro trás aquele atrativo a mais, o movimento em si é maravilhoso e creio que temos que conquistar muito ainda, pois ainda é tabu coisas simples que mulheres podem fazer.

    Bjos
    rillismo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Acabei de conhecer ele agora pelo seu blog,e achei super fofo quero poder conhecer ais sobre ele mesmo sendo uma estória de meninas,eu gosto muito de poder ser aberto a novos lugares e novos conhecimentos então achei interessante e a resenha tbm me deixou muito animado,vai direto para biblioteca do Éverton,com toda certeza adorei Kétrin bjo bjo

    http://rillismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Sim, infelizmente acontece muita coisa ruim, mas imagina ainda na Índia que a porcentagem de mulheres que são estupradas é gigante. É como vocÊ soubesse que vai ser estuprada de qualquer forma e nada vai acontecer. Acho isso ridículo e cruel. e Mais que isto é achar que os homens tem direito de tudo isto ou que as mulheres provocam. Tem que se unir hoje, amanhã e sempre.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  13. Olá Kétrin,
    Esse movimento é bem interessante. Já acompanhei alguns depoimentos e fiquei bastante emocionada.
    Gostei muito da ideia do livro, pretendo ler por isso. Concordo contigo, Kétrin, é importante estarmos unidas para conquistarmos cada vez mais nosso espaço.
    Parabéns pela incrível resenha.
    Beijos,
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oie, Kétrin. Eu não conhecia o movimento e nem o livro e nossa, adorei. Realmente, todas as mulheres precisam se unir, e essa situação de andar mais rápido quando se está em um lugar um pouco escuro ou de risco é comum para todas nós. A criadora do movimento está de parabéns e espero que esse movimento só cresça mais. Como você menciona que o livro também traz dados a respeito do feminismo eu gostei ainda mais. Quero pra já.

    ResponderExcluir
  15. Parabéns pela resenha, flor! Destacou tanto o lado positivo de termos uma iniciativa como essa que promove certa mudança cultural na atitude das mulheres umas com as outras (apoiando-se e unindo-se mais) quanto o lado real, de que ainda há muito pelo que lutar. Ainda sofremos muito por não nos sentirmos seguras. Por sermos presas fáceis às maldades que nos são cometidas. Eu adorei a proposta da obra, já conhecia a página e admirava o movimento. Claro que vou comprar meu exemplar.

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Olá.

    Eu li bastante resenhas positivas sobre esse livro e estou muito ansiosa para lê-lo. O livro tem uma mensagem muito impactante sobre o feminismo e também acho que todos deveriam ler. Ainda mais essas pessoas que não entende o que é, o que lutamos e o porquê. As ilustrações são lindas e amei a iniciativa.
    Gostei muito da sua resenha.
    Beijos!
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Já desejava este livro quando foi lançado, afinal eu acompanho a página. Mas a cada resenha que eu leio sobre ele eu fico mais louca ainda para ter esse livro. Ele parece ser muito esclarecedor sobre muitas coisas que as vezes passa despercebido quando apenas se segue a pagina. Espero em breve poder comprar este livro, aprender um pouco mais com este e apreciar sua leitura.


    Beijinhos!
    Cantinho Cult

    ResponderExcluir
  18. Oiii!

    Eu ainda não li esse livro mas peguei ele ontem na livraria, só não comprei pq voi demorar muuiiiito para ler. Eu ADOREI a temática dele! Sério! Achei bacana conhecer o inicio do projeto e como tudo deu certo. Acredito que essa temática deve ser mais e mais abordada pelas pessoas e não apenas por mulheres, mas por todos! Acho que está na hora de nos protegermos mais.
    Sua resenha está ótima!!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  19. Olá, tudo bem??? Eu acompanho o projeto desde o comecinho e fiquei muito feliz quando surgiu. A gente precisa de mais ações como essa. Antigamente, eu mesma, via as outras mulheres como inimigas, hoje, eu vejo como aliadas. Se vejo uma mulher sozinha, vou correndo ficar próxima. Na verdade, a gente meio que sempre fez isso, mas não se dava conta. A gente sempre achou mais seguro estar próximo a outra mulher, mas ao mesmo tempo, ainda achava que elas era inimigas. Eu estou louca para comprar esse livro e sair por aí emprestando para todo mundo e até presenteando algumas pessoas :)
    beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Olá, eu recebi esse livro esse mês e achei lindo todo o projeto gráfico que a editora fez. Assim que tiver tempo, vou lê-lo. Já conhecia o movimento "vamos juntas" pelas redes sociais e fico feliz ao ver iniciativas para que as mulheres passem a se unir mais, juntas somo certamente mais fortes!

    ResponderExcluir
  21. Olá!! :)

    Já tenho ouvido falar muito do preojeto!! E Apoio, concerteza! :) Acho muito importante que as mulheres possam deixar de ter alguns medos... E que a desigualdade de forças (em todos os sentidos) termine depressa!! :) A nossa sociedade não deveria apoiar a discriminação de géneros!!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  22. A iniciativa do Vamos Juntas? é incrível e pena que eu não conhecia o projeto antes do lançamento do livro. Pois esses esquemas de mulheres ter que correr para pontos de ônibus ou quase andar com espelhinhos para usar como retrovisor é algo que já presenciei muito por estudar a noite, com certeza o livro é de leitura para se espalhar para todo mundo (inclusive o projeto).

    http://deiumjeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oiie flor, tudo bem?

    Sabe, já tinha visto falar desse projeto, se não me engano na Fátima Bernardes, e adorei a iniciativa da Babi, porque nós mulheres muitas vezes deixamos de ir para algum lugar por causa do medo, e sabendo que podemos ser acompanhado por outras mulheres faz a gente se sentir mais confiante. Não sabia que tinha virado livro esse projeto, e espero mesmo poder ter a oportunidade de ler, acho super importante, participar de projetos que sejam para a segurança da mulher.

    Bjs

    ResponderExcluir
  24. Li esse livro e me apaixonei por ele! Uma ideia tão óbvia, tão simples, que não sei como nunca foi colocada em prática por todas as mulheres do mundo. Claro que unidas somos mais fortes, e claro que duas garotas caminhando juntas diminuem a chance de serem atacadas na rua. Fiquei encantada com o movimento e li algumas histórias na página do face que me tocaram bastante. Com certeza essa ideia fará parte da minha vida!

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  25. Eu vi uma entrevista da autora no Dia Internacional da Mulher falando sobre o seu trabalho e sobre o livro e fiquei muitíssimo interessada em fazer a leitura. Acho que precisamos discutir mais seriamente essas questões ligadas aos diversos tipos de violência e discriminação que as mulheres sofrem. O projeto gráfico do livro parece estar excelente.

    Tatiana

    ResponderExcluir
  26. Não tive oportunidade de ler o livro ainda, mas eu AMO o "Vamos Juntas" - a iniciativa, a divulgação, as respostas positivas da sociedade ao projeto... É sororidade pura, minha gente <3


    www.literaturaliteral.wix.com/litblog

    ResponderExcluir