Zac & Mia, de A. J. Betts

04 fevereiro 2016

Zac & Mia

Autora: A. J. Betts
Editora: Novo Conceito
Número de Páginas: 288
Gênero: Drama, Romance


Sinopse:  A última pessoa que Zac esperava encontrar em seu quarto de hospital era uma garota como Mia - bonita, irritante, mal-humorada e com um gosto musical duvidoso. No mundo real, ele nunca poderia ser amigo de uma pessoa como ela.
Mas no hospital as regras são diferentes. Uma batida na parede do seu quarto se transforma em uma amizade surpreendente. Será que Mia precisa de Zac? Será que Zac precisa de Mia? Será que eles precisam tanto um do outro? Contada sob a perspectiva de ambos, Zac e Mia é a história tocante de dois adolescentes comuns em circunstâncias extraordinárias.


O livro vai contar a história de dois jovens que tem câncer, Zac tem leucemia e Mia tem osteosarcoma. Zac está em recuperação no hospital após receber um transplante de medula, sua mãe é a companhia mais presente e não deixa o filho perder a animação. Certo dia eles estavam jogando um de seus jogos, quando um novo paciente é instalado no quarto ao lado, dessa vez é diferente dos antigos pacientes idosos que ficavam ali, agora é uma jovem da mesma idade de Zac. Mia sempre teve tudo o que sempre quis na vida, mas quando ela descobriu seu diagnóstico de osteosarcoma, seu mundo desabou. Ela é revoltada e briga com todo mundo, inclusive com médicos, enfermeiras e sua mãe.

Após um convite no facebook, eles começam a conversar e a se conhecer. Diante de situações parecidas eles criam um laço de amizade, onde um tenta ajudar o outro. Zac sabe das suas condições diante do câncer e quanto são suas chances, já Mia não aceita a sua realidade e acaba se tornando rebelde. Será que os dois serão fortes para superar essa doença? ou será que cada um tomará rumos diferentes?

"Com a destruição que causa, o câncer devia vir uivando com as sirenes berrando e as luzes piscando. Não devia ser permitido que penetrasse e criasse raízes no cérebro de alguém dessa forma, escondido entre as lembranças."

Zac e Mia é um livro maravilhoso, ele aborda assuntos sérios e duros de uma forma sutil e leve. Diferente de A Culpa é das Estrelas onde o romance entre o casal é o foco principal, aqui a autora colocou o câncer como assunto principal, deixando de lado o romance. Nós nos deparamos com a triste realidade de pessoas que sofrem de câncer, junto com suas famílias e amigos próximos, onde não é apenas o doete que sofre, mas sim todos ao seu redor. Outro ponto importante é em como o psicológico deles é afetado pela doença, em como eles pensam na morte o tempo todo e como seriam as coisas quando eles não estiverem mais aqui.


Os personagens são muito bem construídos e com personalidades fortes e marcantes. Zac é o tipo de garoto leve, ele é doce com todos ao seu redor e lida muito bem com a doença. Ele tenta levar sua vida da melhor forma possível e sempre aproveitando cada dia, ele faz de tudo para não perder as esperanças e lutar contra o que lhe aflige junto com a família. Mia sempre foi a garota mais linda e popular da escola, então para ela sempre foi muito fácil ter tudo o que desejava. Ela era rodeada de amigos e tinha um namorado que muitas garotas cobiçavam. Ela perdeu tudo isso quando descobriu o câncer, pois ficou revoltada e não aceitava o seu destino, ela se distanciou de todos que se importavam com ela, inclusive de sua mãe. Mas é muito fácil ver o amadurecimento dela durante a leitura.

A história é narrada pelo ponto de vista de Zac e de Mia, então é muito bacana ver a perspectiva pelo lado de cada um, e o modo como cada um lida com a situação, assim vemos uma diferença gritante. Esse foi um livro que me surpreendeu positivamente, ele nos faz questionar sobre quais são os valores da vida e até onde a beleza e a popularidade estão acima de nós. Muito recomendado para quem procura uma leitura jovem e comovente, se você está a procura de um livro sensível, essa é uma ótima pedida.

33 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Odeio livros em que as personagens tenham cancro ou qualquer outro tipo de doença crónica. Fico sempre embaixo e entro em ressaca literária. A única exceção que eu dei foi A Culpa é das Estrelas, porque todo o mundo falava, e chorei litros. Nunca mais na minha vida hehehe nunca diga nunca não é verdade? mAS NÃO PRETENDO REPETIR A DOSE TÃO BREVE.
    Beijinhos
    www.fofocas-literarias.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Oie, sabe que não gostei desse livro. Achei a Mia muito forçada.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  3. Amiga quando eu fiz a leitura desse livro tenho que confessar que não curti muito não. Assim, eu gostei de toda a estória que foi desenvolvida e dos personagens, até porque imagina a dificuldade deles de aceitar né? principalmente da menina cabeça dura rs

    Mas tipo, eu achei o desfecho tipo Eleanor e Park e eu meia que fiquei assim decepcionada. Esperava mais sabe? Mas é um livro bem gostoso para ler e acho que todos iriam gostar, principalmente para pegar nessas maratonas que fazem. Enfim...

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2016/02/resenha-falsiane.html

    ResponderExcluir
  4. Oi, Não curti muito esse livro e tenho visto comentários meios negativos sobre ele... então não pretendo lê-lo... pelo menos por enquanto, mas parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
  5. Tenho curiosidade em ler este livro, mas fico com um é atrás justamente pela diferença que você comentou em relação ao " culpa é das estrelas". Tenho receio de ficar pra baixo, pois com certeza lembrarei de situações bem dolorosas já vivenciadas...
    Bjs

    www.livrosdabeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Olá linda,

    Ainda não li esse livro e fiquei bastante atraída pelo Zac.
    Gosto de personagens leves e cheios de amor pela vida e espero que Mia amadureça com seu dilema e viva com mais leveza.

    Beijos!
    poesiaqueencantavida.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu estou querendo esse livro, mas não sei se estou preparada para a história. Não sei ao certo quando irei ler, mas espero gostar também.

    Bjs.

    http://ciadoleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Hum... Tenho tido receio com esses livros sobre jovens com câncer por a maioria deles não me envolver, mesmo assim tenho um pouco de vontade de ler esse.

    Leituras & Fofuras

    ResponderExcluir
  9. Hey Kétrin, tudo bem? Adorei sua resenha!
    Li esse livro ano passado e gostei, mas confesso que algumas coisas me decepcionaram... principalmente os personagens, mas em especial a Mia. Achei uma personagem bem irritante, mal construída mesmo...
    Bom saber que gostou!
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi Kétrin, sua linda, tudo bem
    Gostei muito da opção que a autora fez, de falar sobre a doença e sobre como ela atinge a vida de todos. Gostei também de ela colocar dois personagens com reações bem diferentes, ele aceita e ela se revolta. Parece ser uma linda história. Não vejo a hora de ler. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá Kétrin,
    Gosto muito de livros que nos fazem refletir sobre os valores da vida, pois sempre saímos aprendendo muito com a leitura.
    Gostei de saber que a história é narrada com capítulos intercalados e é muito bacana conhecer um pouco mais desse livro que quero tanto ler.
    Adorei sua resenha!
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Eu estou muito curiosa com esse livro e acho que o fato do foco do livro ser a doença e não o romance, deve deixá-lo ainda mais intenso e de certa forma triste. Eu gosto muito de livros que mudem a narração de personagens, assim podemos acompanhar diferentes pontos de vista da mesma história. Como sempre, sua resenha me deixou ainda mais interessada no livro

    ResponderExcluir
  13. Gostei bastante da história deste livro. Apesar de ser um Sick-lit, tenho a impressão que eu o leria com gosto. Só achei estranho a capa, que não combina muito com o enredo. Será que há uma explicação para sua escolha no texto? Seu texto está bem feito, descritivo e interessante.
    Até + ver! Nu.
    As 1001 Nuccias | Curtiu?

    ResponderExcluir
  14. Achei muito interessante o livro, e legal o fato de mostrar pontos de vista de dois personagens diferentes. Mas às vezes acho que romances com câncer já viraram clichê (mas é fato, todo mundo chora no final kkk). Enfim, acho que não pegaria pra ler, mas gostei muito da sua resenha.
    Abraços,
    http://chubbleeeu.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Eu não sou fã de livros narrados em 1ª pessoa, a não ser quando a narrativa dá lugar a mais de uma pessoa. Você diz que isso acontece aqui e como você eu acho que quando é assim o livro ganha uma perspectiva muito bacana. Só não gostei muito do plot, não que realmente não tenha gostado. É que acabo me envolvendo muito em plots assim e sou meio hipocondríaca, aí já viu. O último que li desse gênero me deixou na bad por vários dias. Mas gostei da dica.

    ;D
    Profissão: Leitora

    ResponderExcluir
  16. OI Kétrin, eu não quis ler este livro justamente pela questão da doença, apesar de ler biografias a respeito disso. Olha que só que coisa mais estranha né? Mas pelo que você citou fala mais sobre amizade e doença e não sobre um romance. Mas mesmo assim acho que leria mais em um momento do tipo: o que vou ler agora?, do que algo como certo, sabe? Mesmo assim acho que é um tema que como mata muitas pessoas, deve ajudar muitas também.

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir
  17. Poxa não curtir a premissa da história, mas acho que é porque não estou na vibe de leituras com uma pegada dramática assim. Gosto do fato de mais de um personagem narrar a história, mas dessa vez vou deixar passar a dica.
    Sua resenha está muito boa.

    beijos.
    http://www.escritacolorida.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Também achei o livro maravilhoso. Achei muito legal o foco estar o câncer e na forma como ele afeta as pessoas que estão lutando com ele e todos ao seu redor. Apesar das atitudes da Mia no início, consegui compreendê-la, e acabei me apaixonando pelos dois protagonistas.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  19. Oii
    Gostei do fato de que o romance não está como foco principal. Isso chama bastante leitores que não gostam muito de mimimi. Já entrou para a lista de livros para ler.
    Bjus

    ResponderExcluir
  20. Oiee ^^
    Acho que nunca li um chick-lit onde o personagem não aceitasse sua condição. Em todos os que eu li até agora, os protagonistas aceitam desde o início, então estou bastante curiosa para conhecer a Mia. Vi o pessoal falando muito bem desse livro, parece mesmo ser sensível.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  21. Oi Kétrin, gostei da sua resenha.
    Eu ainda não tinha cogitado a leitura desse livro, mas achei que você conseguiu expressar de forma bem clara os pontos positivos da obra. Foi inevitável, durante a leitura da resenha, comparar o livro com A Culpa é das Estrelas. No entanto, acabei me interessando pelas diferenças e pelas suas observações. Foi para lista de desejados! ;)

    Até mais,

    Prólogo da Leitura

    ResponderExcluir
  22. Nunca imaginei que este livro tinha uma história tão bonita e tocante! Confesso que conheço ele pela capa, que nunca chamou minha atenção para ler ao menos a sinopse. Mas diante da sua resenha, meu apaixonei pela história do livro e com certeza vou coloca-lo na lista das minhas próximas leituras!

    Parabéns!

    Bj
    Keyla - http://blogleituraterapia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oie! Tudo bem?

    Histórias assim sempre me deixam meio depressivas, sabe? Não sei se leria a trama. Gostei dos pontos que você destacou na sua resenha, e deu para ter uma boa ideia do que esperar do livro. Quem sabe um dia eu dê uma chance?!

    Beijos,
    Dai | Blog Cheiro de Livro Nacional

    ResponderExcluir
  24. Oi, Kétrin. Já havia lido Zac e mia e gostei. Acho que o diferencial da história é justamente o foco que, nesse caso, não se trata da história de amor entre eles, mas da doença. Uma boa resenha!

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Kétrin, tudo bem?

    Gostei bastante da sua resenha. Mas no momento, não tenho muita vontade de ler. Gostei de saber que ele é mais focado na doença, e não no romance, mostrar como cada um dos personagens lida com a doença, e como ela afeta não só a pessoa, mas todos as suas voltas. Parece ser um livro cheio de ensinamentos e que nos faz refletir sobre como lidamos com a nossa vida. E também gostei de saber que a Mia amadurece ao longo da história.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima || Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  26. Ultimamente eu tenho fugido de sick-lits, abri uma exceção para "A Culpa das Estrelas", mas confesso que foi bem complicada a leitura. Sou uma pessoa extremamente emotiva, e quando começo a ler esse tipo de livro fico completamente abalada. Fiquei feliz que a leitura foi do teu agrada, mas no momento eu não lerei.

    Beijos!

    Books and Movies
    www.booksandmovies.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Oie
    quero muito ler o livro desde que lançou pois adoro o gênero e sempre me chamou atenção esse tipo de enredo, alem do mais só vejo elogios

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Quando você falou que o livro girava em torno de pessoas com câncer já descartei ele da minha lista, pois seus que alguém vai acabar morrendo. Todos os livros que li que tinha câncer envolvido um dos personagens morre então estou fugindo desse tipo de leitura, ela me afeta muito passo dias muito triste.
    Parabéns pela resenha ficou ótima.

    Blog
    Miih e o Mundo Literário

    ResponderExcluir
  29. Oi! Tudo bom?

    Tive a chance de receber esse livro da editora, mas eu não solicitei. Esse tema câncer me deixa bastante desconfortável e triste. Mas ainda assim, acho que é uma leitura de grandes ensinamentos, até porque foca na doença e não no romance. Adorei o fato de os personagens serem bem construídos, prezo bastante isso em uma história. Que bom que você gostou do livro. Adorei sua resenha.

    Beijos,
    www.falandoemlivros.com

    ResponderExcluir
  30. Oi Kétrin, tudo bem?
    Adorei a resenha e também essa quote que você separou.Já li o livro e no tempo eu gostei muito da história, o livro é um sick-lit muito fofo e é bem real ao meu ponto de vista,

    ResponderExcluir
  31. Oi Ketrin,
    Como você eu também gostei do aspecto psicologico do livro, muito mais do que apenas o romance.
    A aceitação de zac e a negação de Mia, transformam o livro em algo muito maior do que apenas personagens sofrendo com uma doença.
    Gostei bastante do livro e também o indico.
    bjs
    Luana Lima
    http://blogmundodetinta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  32. Olá Ketrin,

    Não li esse livro exatamente por focar mais na doença que no romance. Sou uma pessoa que se impressiona fácil, chora e fica com o livro na cabeça por muito tempo. Então, preferi passar pra minha colunista que gostou bastante.

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir
  33. Oi, Kétrin!
    Putz. Não gosto de sick-lits. Especialmente porque eles nem sempre retratam uma doença de forma real. Me decepcionei quando li A Culpa É das Estrelas e vi que a realidade do portador de câncer em nem um momento aparece no livro, só a romantização de uma doença canalha... Mas, enfim, boa resenha.

    Celly
    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir