Divulgação: Em Busca da Perfeição, por Raquel Machado

17 julho 2015

Olá pessoal, hoje vim trazer um conto muito legal e que me deixou intrigada, ele foi escrito pela nossa querida autora parceria aqui do blog, a Raquel Machado. Ela está participando de uma Oficina da Literatura Fantástica na cidade de Caxias do Sul - RS, que é ministrada pela Ana Julia Poletto. 
 


A Raquel já havia feito um conto, o nome é Um Fio de Esperança e como agradou a todos, ela resolveu fazer mais um que também ficou incrível!


Vou deixar aqui o conto na íntegra para vocês conferirem.




Em Busca da Perfeição



Por Raquel Machado


As batidas do meu coração soam como o barulho do tambor. A corrida é cansativa e parece não ter fim, o suor escorre pelo meu rosto. Olho para os lados em busca de distração. Poucas pessoas preenchem o ambiente, elas também estão em busca da perfeição.
Próximo aparelho. Luto contra a vontade de largar tudo e ir para casa. Todos os dias é a mesma rotina que não traz resultados concretos. Olho-me no espelho e vejo aquele ser nojento e enorme. É necessário ficar mais alguns minutos. As últimas pessoas vão embora e me deixam sozinha.
Chega! Caminho até a porta da academia. Está trancada. Chamo por alguém, em vão. A essa hora todos já foram para suas casas.
Uma vertigem me atinge e meu estômago reclama. Tento lembrar qual foi minha última refeição. A comida é o combustível para o monstro que eu carrego dentro de mim.
Volto ao salão e ligo a televisão. Retiro da bolsa o pequeno sanduíche natural e dou uma bela mordida, e me arrependo em seguida.
A propaganda mostra uma linda mulher apresentando uma nova técnica de emagrecimento, talvez essa funcione comigo. A mulher aponta para mim, tentado me alertar de algo, tento compreender o que ela diz. Olho para o sanduíche e vejo que minhocas saem de dentro e uma gosma amarela escorre por meus dedos.
Corro para o banheiro vomitar. Olho meu reflexo que sorri para mim. Ele conhece meus defeitos e acha engraçada minha tentativa frustrada de ser alguém melhor. As luzes se apagam.
Escuto vozes que me chamam. Vou até o salão e vejo que meu reflexo me seguiu. Ele ganhou vida própria e me chama em direção ao espelho, quer me contar um segredo. Eu obedeço e caminho em sua direção, ao chegar próximo ele desaparece, reduzido ao nada.
Alguém toca meu ombro, tenho medo de virar e me defrontar com tudo aquilo que tentei esconder até o momento. A curiosidade é maior que o medo e viro-me. Uma versão perfeita de mim, me encara.
As vozes voltam a me chamar. As reconheço. São as pessoas que passaram por minha vida, cobrando-me a perfeição: ser mais bela, ser mais magra, ser mais inteligente. Sempre mais. Choro desesperada. A minha versão perfeita me estende a mão, e eu entendo o que preciso fazer. Não é hora de parar. Volto ao local de treinamento e continuo meus exercícios. Incansável, até não escutar mais o barulho do tambor e nem minha respiração.
A luz do sol preenche o ambiente, outrora escuro. A porta se abre e passo por um corpo no chão. Vejo uma garota pálida e franzina, morta.

39 comentários

  1. Nossa, eu confesso que lendo em partes me vi ali :/ infelizmente as pessoas cobram tanto da gente sem perceber que isso acaba com a gente por dentro dia a dia
    eu adorei mesmo
    http://eesmaltecia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie como vai?
    Infelizmente a premissa não me atraiu muito =/

    ResponderExcluir
  3. Gente, que pequenininho, mas que lindo.
    Amo contos e gostei bastante desse.
    Acho que nunca tinha lido nada da Raquel, mas gostei.

    Lisossomos

    ResponderExcluir
  4. Oi Kétrin..
    Eu também divulguei esse conto só que em vídeo. E adorei ler ele. Você já leu em vídeo, com aquele musica de fundo? É sinistro, adorei a experiência..rs

    livrosvamosdevoralos.bogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia o livro, você fará resenha, queria saber como é a abordagem da autora sobre perfeição.. :D

    ResponderExcluir
  6. Oi, Kétrin!
    Lindo conto. Profundo e muito emocionante. É estranho pensar que há muitas meninas nessa mesmíssima situação, se submetendo a métodos terríveis em busca da aceitação pessoal e geral com relação aos seus corpos.
    Beolo trabalho da Raquel! Meus parabéns!

    Beijos!
    www.palavrasradioativas.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Kétrin!
    Simplesmente sem palavras.
    Profundo, conturbado, misterioso, triste... muitas palavras para definir.
    Vou procurar o outro contro dela para ler. Adorei.

    Bjos

    http://paraisodasideas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie,

    Gosto de ler contos, e na maioria das vezes eu quero que se torne livro hehehhehe, li esse e amei, ele é desse tamanho mesmo ou tem mais? (Olha a louça já querendo continuação) em algumas partes eu quase que me identifiquei, sempre em busca de um corpo perfeito, não importa o que tenho que fazer.

    Mayla
    Meulivromeutudo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oii tudo bem?
    Amei o conto, bem profundo, triste e ótimo heheh. Que ela continue escrevendo hehe.

    Beijos!
    http://lendocomobiel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Me vi há alguns anos, quando sofria de bulimia. Texto bem forte.

    ResponderExcluir
  11. Oi lindona
    Que conto lindo. Gostei bastante. Nos faz refletir de como devemos ser quem somos e nao oq os outros querem. Raquel escreve super bem, já quero ler outros trabalhos dela :)
    Bjoooo

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Adorei o conto. Já tinha visto parte dele em outro local, mas lendo na íntegra, pude ver o quão profundo é.
    Ótimo conto!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oii! Nunca li nada da autora, mas quero muito ler algo! Parabéns por ajudar a autora na divulgação!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  14. Tema bem forte... Não conhecia a autora... XD
    Espero que ela tenha uma boa Oficina...
    bjs

    ResponderExcluir
  15. Oii!

    A Raquel é nossa parceira também e escreve muito bem, gosto da forma como ela aborda os temas.
    Gostei de ver a divulgação aqui!



    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  16. Eu escutei esse conto, em vídeo mesmo, e fiquei embasbacada com a qualidade e com a intensidade da escrita. Muito, muito intenso. Me lembra o livro Garotas de Vidro...
    Beijs

    ResponderExcluir
  17. Oii!!
    Conheço alguns trabalhos dessa autora. Gostei muito do conto ♥
    Beijos
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    adoro essas divulgações porque assim sempre sabemos mais sobre obras que não são tão conhecidas;
    Infelizmente, Em busca da perfeição não me agradou muito.
    Beijos,
    http://www.entreleitores.com/

    ResponderExcluir
  19. Oii, tudo bem?
    Eu gostei bastante do conto, foi bem intenso. É realmente complicado você se cobrar de mais, as coisas as vezes podem sair do controle...

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  20. Oi, Kétrin. Tudo bom?

    Nossa... Que conto... Forte. E que vai direto ao ponto. Confesso que, em alguns momentos, me vi na personagem. Não, não que eu tenha ou já tenha tido algum distúrbio alimentar. Mas só por sentir essa pressão, sabe? Gostei bastante.

    Fernanda Oliveira | Meraki

    ResponderExcluir
  21. O conto é pequeno, mas muito bem escrito. Por ele podemos perceber porque o primeiro fez sucesso, ela é ótima. Beijos, Érika

    *www.queroseralice.com.br*

    ResponderExcluir
  22. Puts, Kétrin, até eu fiquei intrigada. E, diga-se de passagem, um pouco assustada/penalizada também. Meus parabéns à autora Rachel Machado... Sabe, eu não sou nem um pouco adepta à esta cultura da beleza e do ser humano perfeito, até porque nenhum ser humano é perfeito, mas não posso dizer isso por outras pessoas. Muitas são vítimas da ditadura da beleza e o que é pior: a maioria nem sabe! :((
    Um abração!
    :D
    http://egodeescritor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  23. Muito bom o conto, te deixa aflito, confuso e faminto pra ler até o final

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem post novo sobre séries no blog, vem ver!

    ResponderExcluir
  24. Amiga eu ainda não conhecia essa obra, mas achei a capa muito linda e chamativa.
    Eu li a sinopse e me parece ser uma história muito boa, mas prefiro esperar a sua resenha para
    tirar uma conclusão se eu leio ou não, pois sempre bate um receio =x
    Mas mesmo assim espero que você venha a ler para colocar aqui.
    Estou curiosa e olha que nunca ouvi falar desse livro mesmo ! Nem vi em outro blog.

    http://lovereadmybooks.blogspot.com.br/2015/07/resenha-uma-saga-na-toscana.html

    ResponderExcluir
  25. Uau! Que conto intenso, poético. Gostei muito. Fiquei imaginando no quanto seria bom um livro dessa autora. Bjs

    Território nº 6

    ResponderExcluir
  26. Olá, tudo bem?
    Caxias do Sul? Bem pertinho!
    A obra parece ser ótima, mas não é o que estou querendo ler no momento. Mas, está anotada.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  27. Eu não conhecia a autora, mas o trabalho dela parece ser bem interessante. Infelizmente, o livro não é tipo de leitura que eu gostaria de fazer no momento, mas não descarto a possibilidade de conhecer mais sobre a autora.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Oie, que legal, eu tenho parceria com a autora tbm, mas nunca li esse conto dela, parece ser muito bom *-*
    www.guildadosleitores.com

    ResponderExcluir
  29. Oi!
    Ainda não conhecia nenhum dos trabalhos da autora, mas fiquei bem interessado nesse conto, parece ser uma história bem bacana e rápida de se ler.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/2015/07/resenha-lola-and-boy-next-door-por.html

    ResponderExcluir
  30. Oi, tudo bem?
    Achei o conto da autora bem interessante! E retrata bem o que algumas garotas sentem nessa busca louca de ficar magra a qualquer custo.
    A obra pareceu interessante!

    Beijos :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  31. Nossa que conto intenso, cheio de sentimento.
    Adoro autores que dão esse toque na escrita, não conhecia a autora, mas já gostei do trabalhado está de parabéns.
    http://k-secretmagic.blogspot.com/
    Xoxo

    ResponderExcluir
  32. Olá
    Tudo bom?
    Achei o conto lindo, gostei mesmo, tanto que quero ter a oportunidade de ler mais coisas da autora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  33. Oiii o conto é bem incrível, achei bem parecido com uma crônica mas depois pude perceber a diferença, acho que nunca tinha lido nada da Rachel mas esse conto me encantou bastante!!!

    ResponderExcluir
  34. Uooooou
    Que lindo!!!
    Sério, deixou minha boca aberta rsrs
    A escrita dela é impressionante! Palmas!!!

    Beijoos Kétrin!
    www.blogmaiscafe.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  35. Oie, tudo bom?
    Eu li esse conto em outros blogs e achei muito interessante. Gosto muito da Raquel Machado e da sua escrita instigante.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  36. Olá! Não conhecia a autora, mas gostei do conto! :D


    Beijão da Lari!
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  37. Eca, sanduíche com minhocas e gosma amarela... O conto definitivamente não faz meu estilo, mas já li outras coisas da autora que gostei. Sucesso pra ela!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  38. Olá, desejo muito sucesso a autora mas confesso que a premissa não me interessou, até porque achei um pouco estranho. Mas amei um livro que eu li da autora e espero outras obras da autora pois ela escreve muito bem.
    Beijos e sucesso.

    ResponderExcluir