Resenha: Cidades Mortas, de Dêner B. Lopes

10 fevereiro 2015


Cidades Mortas  |  Dêner B. Lopes  |  202 Páginas  | Chiado Editora

* Livro cedido em parceria com editora para resenha.


Arthur é um jovem de 16 anos que mora em Lisarb, ele é órfão e vem de uma família de vencedores do Festival de Cidades-Mortas dos anos que já passaram. O Festival é o maior reality show brutal do mundo, nele os habitantes de cada cidade que irá participar, vai escolher jovens entre 15 a 18 anos que irão lutar pela sua sobrevivência. Milhares de soldados-robôs do Governo serão soltos pela Cidades-Mortas com o único objetivo de procurar os Eleitos e causar-lhes uma morte lenta e torturante. Arthur sabe que será um dos escolhidos, já que toda sua família participou do Festival, assim, como ele sabe que não conseguirá sobreviver a ele.

Em meio a alguns acontecimentos Arthur vai parar na prisão, onde conhece Will e os dois decidem bolar um plano para fugir do lugar. Mas para a infelicidade de ambos, eles vão parar exatamente na van onde levará os Eleitos para o Festival. Sendo assim, o Governo acha que com dois fugitivos, o programa irá aumentar sua audiência, decidindo deixar os dois participarem, o que irá causar uma reviravolta intensa.


Cidades Mortas foi inspirado na distopia de Jogos Vorazes, onde os fatos também acontecem dentro de um jogo, mas aqui o enredo é levado a um rumo completamente diferente. Confesso que fiquei com receio de encontrar algo muito parecido com a distopia, mas fui surpreendida positivamente, o autor soube o que fazer com a história e o resultado foi muito bom. Fiquei de queixo caído com o fim do livro, estava esperando uma coisa e fui pega de surpresa quando descobri o fato real.

Além de todo o jogo, também é abordado assuntos polêmicos como drogas e preconceito. A escrita do autor é fantástica, com diálogos muito bem construídos e uma linguagem muito fácil e rápida. O leitor fica vidrado na história, querendo saber mais e eu não larguei o livro até que terminou.

O livro contém uma história com um tema forte, mas muito envolvente que prende o leitor do começo ao fim, ótimo para nos fazer refletir sobre a sociedade e no que ela pode (ou está) se tornando, e quais as consequências de tudo isso.
 

19 comentários

  1. Quando comecei a ler a resenha tinha certeza que era uma cópia de Jogos Vorazes, aí continuei e vi que é diferente.
    Mas parece ser muito legal!
    Gostei da premissa das Cidades Mortas, ainda mais com o final sendo surpreendente!

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com

    ResponderExcluir
  2. Amiga primeiramente tenho que confessar que adorei a sua resenha.
    Achei que você abordou muito bem sobre a história e sinceramente me deixou curiosa, mas eu não sei se seria um gênero de leitura que eu iria gostar, até porque gosto mais de livros leves como vc pode perceber pelo meu blog rs, mas mesmo assim, quem sabe eu ainda venha a conhecer essa história, porque deu para notar que você curtiu bastante.

    Outra coisa, vê se não esquece de mim agora que conseguiu parceria com a NC em?!
    Quero tu soltando varias resenhas no meu blog também hehehehe
    Adoro a maneira que vc escreve. Continue assim.
    bjos

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amiga quando puder passa no blog que tá falando de você viu?
      Quando tiver postagem nova aqui me dá um toque que eu volto sem sombra de dúvidas
      Já pedi o seu livro e falaram que vao te mandar Como viver eternamente ok? =] Espero que vc faça uma boa resenha pro meu blog. Se cuida

      lovereadmybooks.blogspot.com.br

      Excluir
  3. Olá,
    Nunca tinha ouvido falar nesse livro, mas confesso que não me interessei justamente por não fazer muito meu estilo de leitura. Mas parece ser bacana pra quem curte.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Já quero ler esse livro pra ontem. Tô precisando encontrar um livro que me prenda!
    Beijo
    www.leticiatomsik.com

    ResponderExcluir
  5. Vai achar estranho se eu disser que adoro livros de morte? kkkk mas sério. Gosto mesmo. E eu amo histórias assim em que a gente se surpreende com o desfecho. Agora tô roendo as unhas pra saber qual a grande surpresa ha, ha.

    Inquietudes Secretas

    ResponderExcluir
  6. Impossível não pensar em Jogos Vorazes com a proposta desse livro! Como eu gostei muito desta trilogia, fiquei bem curiosa agora para ler "Cidades mortas". Gosto quando a leitura flui bem e é cheio de surpresas, parece que este livro não deixa a desejar com isso, né? Já adicionei na minha wishlist e pretendo ler em breve!

    Beijos,
    Caroline, do http://www.criticandoporai.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Esse livro chegou ontem pra mim pela editora, já adorei só de olhar, espero ler ainda essa semana, gostei da sua resenha.
    Já estou seguindo o blog,
    Beijos, Tabatha
    http://aproveiteolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Aiii que vontade de ler!! Adorei a resenha, parabéns! Ainda não conhecia esse livro, gostei mesmo!

    Beijos,

    www.depoisquecrescemos.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Kétrin!
    Eu só olhei para a capa e já o adicionei a minha wishlist. De uns tempos para cá, eu tenho adicionado muitos livros na minha wishlist sobre os quais eu não sei nada. Isso mesmo, NADA. E por que isso? Porque eu estou a procura de um livro que seja O LIVRO, e as vezes o livro pode ser maravilhoso, mas a sinopse não acabar me atraindo. Por isso nem li sua resenha (mil desculpas), só olhei para a capa e já o julguei como um ótimo livro (espero não me decepcionar haha).

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Não conhecia o livro, mas gostei da premissa da trama. Pena que ainda não encontrei esse livro aqui onde moro.

    resenhaeoutrascoisas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Já cruzei com o autor em alguns grupos de leitores, mas ainda nao sabia muito sobre o enredo do livro. É bom que incentiva o apoio aos nossos escritores. coisasdeumleitor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Excelente resenha. Li o livro é achei muito bom Dener acaba com os sentimentos do leitor. ele é um lindo! hahaah

    ResponderExcluir
  13. É inspirado mesmo em Jogos Vorazes? Tipo, é legal saber disso porque senão as pessoas vem falando que é uma cópia e blabla. Eu me apaixonei de cara pela capa, e a sua resenha só me fez ter mais certeza de que preciso desse livro. Serião, todo o ambiente onde a história passa parece meio sombrio, de um jeito aliás bem diferente que jogos vorazes

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "O Cavaleiro Fantasma", vem conferir!

    ResponderExcluir
  14. Oá Kétrin! Amei seu blog, mt fofinho! =) Curti tb esse livro, ele é parecido em alguns pontos com Jogos Vorazes mesmo, mas se vc disse que o final é diferente, vms ver... =)
    Bjks!

    http://livrosdahanna.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Olá!

    Comfesso que no começo da sua resenha eu fiquei achando que o livro seria uma cópia de Jogos Vorazes, mas depois eu vi que era bem diferente. Fiquei curiosa para saber que final é este!

    http://refugiorustico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Muito obrigado pela incrível resenha, Kétrin! Fico muito feliz que tenha gostado do meu livro. Um abraço!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Kétrin! Esse foi o primeiro livro que li em Fevereiro e gostei bastante. A história prende a atenção do leitor, o que é muito positivo. Concluí a leitura numa tarde. Beijos!

    http://frases-perdidas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Estava na dúvida desse livro, mas você me convenceu!

    ResponderExcluir