Resenha: Como Dizer Adeus em Robô, de Natalie Standiford

24 novembro 2014



Como Dizer Adeus em Robô  |  Natalie Standiford  |  339 Páginas  |  Galera Record

Bea é uma adolescente que se considera "robô", pois ela não demonstra os sentimentos e acaba deixando seu coração trancado ás sete chaves. Seu pai é professor e ele sempre busca dar aula nas melhores escolas, por esse motivo eles mudam de cidade com muita frequência. Sua mãe está passando por uma fase difícil e sua personalidade acaba se alterando, gerando muitas discórdias entre as duas.
Em uma nova cidade e escola, ela acaba sentando ao lado de um garoto estranho, Jonah. Um tanto tímido, os colegas colocaram o apelido de Garoto Fantasma pelo fato dele ser bem excluído e sem amigos, o deixando invisível. Bea e Jonah acabam se tornando amigos, e em Bea, Jonah encontra alguém de confiança em que ele possa compartilhar seus medos e seus maiores segredos. Juntos eles vão explorar o mundo e descobrir novas formas de viver do jeito deles.

A premissa do livro é ótima e eu me encantei com os personagens. Bea tem o coração mole, apesar de todo esse escudo de garota robô, ela é uma garota forte e sensível. E  Jonah que é o oposto dela, ele é fechado e sempre com a aparência de garoto triste, que tem algo faltando, como se tivessem tirado um pedaço dele. Mas juntos, eles se completam e do jeito deles fazem um ao outro feliz.

A autora sabe como conquistar o leitor com a sua escrita, o livro tem o desenvolvimento extremamente leve, podendo ler em apenas um dia, com uma leitura que flui fácil.
Eu amei o livro e amei a história, só confesso que o final me chateou, eu esperava mais, mais acontecimentos, mais amor, mais procura (quem leu vai me entender), foi um final bem marcante para ambos os personagens, e claro para o leitor. 

5 comentários

  1. Oie Kétrin,
    Eu já tinha visto esse livro sendo comentado por muitas pessoas, porém eu imaginava que a história fosse totalmente diferente do que é na realidade. Fiquei muito curiosa com o enredo, preciso conferir!
    Beijos ^^
    http://diariodeumalivromaniaca.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Oiii Kétrin. Vi seu blog em um comentário do blog da Ana e vim conhecer. =D Adorei passar por aqui. Não conhecia esse livro, mas achei a premissa bem interessante e já me identifiquei com os personagens. às vezes, a gente só usa esse escudo de não ter sentimentos, para podermos nos defender. Beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi,
    Tudo bom?
    Meu nome é Raquel Machado sou escritora do livro Vingança Mortal e te encontrei lá no blog Diário de uma LivroManíaca. Então gostaria de te convidar a conhecer um pouquinho mais sobre meu livro e te avisar que ainda estou com parcerias abertas se quiser conversar pode me enviar um e-mail "raquel.machado2014@yahoo.com.br".
    Beijos
    Raquel machado
    Escritora Vingança Mortal
    http://leiturakriativa.blogspot.com.br/p/vinganca-mortal.html

    ResponderExcluir
  4. Oi Kétrin.
    Já conhecia esse livro e tenho muita curiosidade em lê-lo, mais nunca lembro de comprar. Agora já adicionei na minha lista !
    Beijos !
    http://adventure-of-two-girls.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi,

    adorei sua resenha, me deixou louca para ler o livro! Eu pensava que ele algo mais nada a ver, mas pelo o que você escreveu a obra parece ser ótima!

    Bjs

    ResponderExcluir