Resenha: Laços do Espírito #5 (Academia de Vampiros) , de Richelle Mead

03 outubro 2014

Livro: Laços do Espírito #5
Autora: Richelle Mead
Editora: Nova Fronteira
Páginas: 426

Sinopse: Depois de uma longa e dolorosa viagem à Sibéria, terra natal de seu amado Dimitri, Rose Hathaway finalmente voltou à escola e reencontrou sua melhor amiga, Lissa. A formatura se aproxima, e elas mal podem esperar pela vida que vão ter além dos portões da São Vladimir. No entanto, o coração de Rose dói cada vez que se lembra do que passou na Rússia o fracasso em salvar Dimitri e do que ainda precisará enfrentar. Sua jornada inclui libertar o perigoso Victor Dashkov da prisão de segurança máxima e encontrar Robert Doru, o único que possui informações para resgatar Belikov das terríveis profundezas de sua condição de Strigoi. A vampira acredita existir apenas uma chance em um milhão, até porque Dimitri continua sua perseguição para matá-la. Sentenças de morte e declarações de amor se confundem, e ela precisa correr contra o mais implacável dos inimigos: o tempo. E, dessa vez, Rose prometeu a Lissa que a levaria junto. Será que a princesa Moroi terá forças quando souber o que a espera? Em “Laços do espírito”, Richelle Mead continua a saga que renovou a literatura de vampiros e apresenta uma história repleta de dilemas, intrigas políticas e emoções extremas que vai conquistar mais uma vez os leitores.

   Contém Spoiler dos livros anteriores.

 Laços do Espírito é o quinto livro da série Academia de Vampiros, composta por 6 livros.


Em Laços do Espírito, Rose volta à escola São Vladimir para finalmente se formar e ganhar seu tão sonhado título de guardiã. Mas coisas estranhas começam a acontecer, como receber cartas ameaçadoras de Dimitri.
Rose decide dar uma chance ao romance com Adrian, e ele vem se mostrando loucamente apaixonado e capaz de fazer tudo e qualquer coisa para fazer dar certo esse namoro.

“- Quero você, Rose. – Ele apertou minha mão com mais força. – Sempre quis. Quero ficar com você. Queria ser como os outros caras e também dizer que quero cuidar de você, mas... Bem... Quanto a isso, você é quem deve cuidar de mim.
Dei uma gargalhada sem querer.
- Às vezes acho que você representa mais perigo para si mesmo do que qualquer outra pessoa. Você está com cheiro de cigarro, sabia?
- Ei, eu nunca, nunca disse que era perfeito. E você está enganada. Você deve ser a coisa mais perigosa na minha vida.”

Logo Rose descobre que existe um meio de salvar um Strigoi, de trazê-lo de volta a vida, e ela não hesita diante disso. Sabendo que existe apenas uma pessoa que pode revelar esse segredo, sendo o irmão do terrível Victor Dashkov. Rose mergulha em uma aventura junto com seus amigos para libertar Victor da prisão e ir atrás de seu irmão.

“Victor Dashkov caminhava pelo mundo como um homem livre. E apenas eu – e meus cúmplices – sabíamos que era tudo por minha causa.”

Será que Rose vai levar adiante o romance com Adrian? Ela irá conseguir trazer Dimitri de volta a vida? O que será da vida dela dali pra frente?

Laços de Espírito é um misto de dúvidas, receios e medos, recheado de aventuras e surpresas! Nesse livro podemos ver o amadurecimento de cada personagem. Finalmente Lissa amadureceu e provou ser merecedora de toda a dedicação e amor de Rose por ela, Lissa colocou as mãos na massa e se superou!
Adrian está um fofo! Se mostrando totalmente apaixonado pela dampira, por ela ele largou seus vícios em cigarros e bebidas e está se dedicando totalmente ao relacionamento. E apesar de Rose querer que dê certo o namoro com Adrian, ela não consegue tirar Dimitri da cabeça nem por um segundo, deixando aquela agonia no leitor.

“Sempre Dimitri. Dimitri, o homem que amei. Dimitri, o Strigou que eu queria salvar. Dimitri, o monstro que muito provavelmente eu teria que matar. O amor que compartilhamos queimava dentro de mim, não importando o quanto eu dizia a mim mesma para seguir em frente, não importando o quando o mundo realmente acreditava que eu tivesse seguido em frente. Ele estava sempre comigo, na minha cabeça, me fazendo questionar a mim mesma.”

Richelle Mead se superou e me surpreendeu, eu estou loucamente apaixonada pelos livros dela, ela tem uma escrita fantástica que prende o leitor na história.

Nenhum comentário

Postar um comentário