Resenha: A Garota Americana, de Meg Cabot

07 janeiro 2014

Livro: A Garota Americana
Autora: Meg Cabot
Editora: Galera Record
Páginas: 352


Sinopse: A Garota Americana acompanha o cotidiano de Samantha, uma típica garota americana, que leva uma vida muito parecida com a de tantas outras meninas de sua idade. Até que um dia resolve matar aula de arte e, por acaso, salva o presidente americano de uma tentativa de assassinato. Samantha logo vê sua vida virar de cabeça para baixo ao ser nomeada embaixadora da ONU, sem saber exatamente o que o cargo significa.

 
Samantha Madison, mais conhecida como Sam. Adolescente de 15 anos, ruiva e rebelde. Tem uma irmã mais velha que se chama Lucy que é linda e a garota mais popular da escola. E a irmã caçula Rebecca que tem o QI muito avançado para a idade dela. Resumindo, Sam vive debaixo da beleza de Lucy e da Inteligência de Rebecca, por esse motivo ela acha que é a mais desvalorizada pelos pais.
Sam ama desenhar, e tirando proveito disso, ela começa a vender os desenhos para seus colegas. Ainda por cima ela não está indo bem nas aulas, culpa dos desenhos, e do pensamento em Jack (o namorado da irmã mais velha), sempre pensando quando que ele irá notá-la e ver que são almas gêmeas.
Quando seus pais descobrem que ela não está bem nas aulas, eles a colocam em um curso de desenhos, mas Sam é totalmente contra porque isso tiraria sua liberdade de expressão, afinal, ela gosta de desenhar o que ela quer, e não o que mandam ela desenhar.
Um certo dia indo pro curso, ela resolve dar uma escapadinha... e fica na frente de uma loja ali perto. Foi quando ela viu um maluco apontando a arma para o presidente, e o que Sam faz? Pula em cima dele! Isso mesmo. Sam salvou a vida do presidente. E o que ela ganhou com isso? Um braço quebrado e uma vida totalmente diferente a partir dali. Já da para imaginar que ela ficou conhecida e famosa.

“Eu não era a garota mais corajosa do mundo. Eu só era uma garota que por acaso estava ao lado de um cara que queria assassinar o presidente. Só isso. Eu não tinha feito nada de extraordinário. Não mesmo.”

É impossível ler um livro da Meg Cabot e não se apaixonar, e com esse não seria diferente, é um romance muito divertido, ótimo pra passar o tempo e dar umas boas risadas. Nós encontramos muitas cenas divertidas, e uma jovem que quer fazer a diferença em um mundo de adolescentes que não escutam ninguém.
Sam passa por cada loucura depois de salvar o presidente, e tem mais o filho dele que ainda se apaixona por ela! E se preparem que tem continuação por aí haha’

8 comentários

  1. Sempre quis ler esse livro mas acabei não comprando, acho que vai minha próxima compra!

    http://therelicario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Adoro esse livro, morro de rir toda vez que leio ele. Parabéns pela resenha.
    Beijos!!!

    http://follow-and-breath.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito engraçado mesmo :DD
      muuuito obrigaada
      beeeijos

      Excluir
  3. Oi Ké, tudo bem?
    Eu já li e não me lembro muito bem da história hahaha
    Agora, lendo sua resenha, que eu lembrei!!

    É realmente uma história muito engraçada :P hahaha
    Eu amo a Meg <3

    Beijos
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  4. gostei muito da resenha, mas ainda não li esse livro

    http://jesusadoradores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você ler, tenho certeza que vai adorar :D

      Excluir